Picos - PI

Rodrigo Lima deixa presidência do Picos para se candidatar a vereador

Até o momento não foi divulgado publicamente o nome do substituto de Rodrigo Lima no comando da equipe picoense.

José Maria Barros
Picos
- atualizado

Para cumprir com as exigências da lei eleitoral, Rodrigo Santos Lima, o P-2, deixou a presidência da Sociedade Esportiva de Picos. Ele é filiado ao MDB e vai disputar uma cadeira na Câmara de Vereadores nas eleições do próximo dia 4 de outubro.

Até o momento, Rodrigo Lima não divulgou oficialmente o nome do seu substituto no comando do clube picoense, que antes da paralisação ocupava a segunda colocação no Campeonato Piauiense de Futebol Profissional.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Rodrigo Lima se afasta da presidência do PicosRodrigo Lima se afasta da presidência do Picos

Rodrigo Lima se afastou temporariamente da presidência do clube, cargo que ele deverá reassumir após as eleições municipais. No entanto, outros três diretores pediram renúncia. O presidente da Câmara de Picos, Hugo Victor (MDB), que ocupava a vice-presidência administrativa. Vereador José Rinaldo, o Rinaldinho, Diretor de Patrimônio e Adonai Venâncio. Todos pelo mesmo motivo, vão concorrer às eleições de outubro deste ano.

Rodrigo Santos Lima assumiu o comando do Picos no dia 4 de abril de 2016 em substituição ao bioquímico Waldemar Santos Júnior, o Dr. Júnior, que renunciou ao cargo. Durante a sua gestão, o clube picoense caiu para segunda divisão em 2017 e em 2019 conseguiu o acesso para a elite, além do título da Série B doze anos após a última conquista. Atualmente está na segunda colocação do certame estadual.

Renúncia

No dia 27 de novembro do ano passado, Após audiência com o prefeito Padre José Walmir de Lima (PT), Rodrigo Lima renunciou ao cargo de presidente do Picos. No entanto, um dia depois foi convencido pelo gestor municipal a permanecer à frente do clube.