Teresina - PI

Sem agenda até o fim do ano, River pode demitir até 27 atletas

O Galo deu adeus ao Brasileirão série D no último domingo (09) diante do Bragantino-PA e não joga mais no ano de 2019.

Jonas Carvalho
Teresina
- atualizado

Após a eliminação na Brasileirão série D, o River Atlético Clube iniciou o processo de rescisão contratual dos 27 jogadores pertencentes ao clube tricolor. O Galo deu adeus à competição o último domingo (12) diante do Bragantino-PA.

Os atletas do Galo estiveram reunidos na última terça-feira (11) no Centro de Treinamentos Afrânio Nunes para uma reunião final entre os próprios jogadores no CT. O assunto de desemprego foi o mais comentado entre os desportistas.

O zagueiro Audálio, em relato nas redes sociais, disse estar triste por ter ‘mais de 10 bocas’ para alimentar em casa, fora as pensões que possui débito, e não ter garantia de renovação contratual no clube.

Embora não tenha agenda oficial até o fim do segundo semestre, a taça do Campeonato Piauiense 2019 garantiu ao River o direito de disputar o Brasileirão série D, a Copa do Brasil e a primeira divisão do Piauiense em 2020.

Mais conteúdo sobre: