Coronavírus no Piauí

Sobe para 19 número de casos confirmados de coronavírus no Piauí

A Secretaria do Estado da Saúde (Sesapi) divulgou novo boletim na noite desta quarta-feira (01).

Nayrana Meireles
Teresina
Thais Guimarães
Teresina
- atualizado

Novo boletim da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), divulgado na noite desta quarta-feira (01), aponta que subiu para 19 o número de casos confirmados de coronavírus (covid-19) no Piauí. O índice de óbitos permanece o mesmo (4). Há ainda dois pacientes curados.

De acordo com a Sesapi, o novo caso confirmado de covid-19 é de Teresina, e trata-se de uma senhora com mais de 60 anos de idade.

Ainda segundo o boletim, o número de casos suspeitos também subiu, passando de 254 para 256. Por outro lado, a quantidade de casos descartados também aumentou, de 406 para 451.

Os 19 casos confirmados se concentram em três municípios, sendo 17 em Teresina, um em Parnaíba e outro em São José do Divino. Das quatro mortes, duas ocorreram na capital, uma em Parnaíba e a outra em São José do Divino.

Óbitos

As primeiras duas mortes por covid-19 acontecerem em Teresina no dia 26. Trata-se de um casal de idosos, o senhor Jomar, 88 anos e a senhora Marlúcia, 73, que foram contaminados após terem contato com um parente infectado pelo vírus. O diagnóstico de coronavírus só foi confirmado no domingo (29).

A terceira morte foi a do prefeito Antônio Felícia, do município de São José do Divino. Ele morreu no dia 27 no Hospital Doutor José Brito Magalhães, em Piracuruca. No dia 28, o Lacen divulgou o resultado de exames que constataram a contaminação por coronavírus.

O último óbito foi o do empresário Oderman Bittencourt, na segunda-feira (30). O diretor da empresa Delta Laticínios morreu aos 45 anos por complicações no quadro de covid-19. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Natan Portela, em Teresina.

Oderman Bittencourt era de Parnaíba e havia sido internado na semana passada com grave pneumonia. Um teste realizado no sábado (28) detectou que ele estava com coronavírus.

Casos curados

A primeira confirmação de cura do Piauí foi a do jornalista Marcelo Magno. Ele havia sido internado no Hospital Prontomed no dia 15 de março, apresentando sintomas de pneumonia, logo após retornar da cidade do Rio de Janeiro (RJ), onde apresentou uma edição do Jornal Nacional. Seu estado piorou no dia 18 e ele foi entubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No dia 20, o hospital emitiu um boletim confirmando o diagnóstico positivo para coronavírus (covid-19). O apresentador teve alta no dia 27, após exames atestarem que ele havia sido curado da doença.

O empresário João Claudino Júnior foi o segundo caso de notificação de cura no estado. Ele estava internado no Hospital Unimed Teresina desde o dia 23 de março, quando apresentou sintomas de complicações respiratórias e foi diagnosticado com o novo coronavírus. João Claudino teve alta hospitalar na manhã desta quarta-feira (01).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Brasil tem 240 mortes e 6.836 casos confirmados de coronavírus

Wellington Dias acredita que número de casos da Covid-19 no Piauí é maior