Política

Themístocles diz que deputados titulares são ‘donos’ dos mandatos

"Eles [deputados] são donos dos seus mandatos, [eles decidem se] ficam como secretários ou não”, destacou o presidente da Alepi ao GP1.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), o deputado Themístocles Filho (MDB) disse, nesta terça-feira (3), que considera normal o retorno para a Alepi dos seis parlamentares estaduais que ocupavam secretarias. Esses parlamentares alegaram que regressaram para votar o pedido de empréstimo do Governo e, decidirem sobre a destinação de emendas para os municípios.

A postura dos titulares causou um mal-estar com os suplentes que disseram não ter sido informados, previamente, sobre a decisão. “Isso [o retorno] não precisa de nenhuma justificativa para o presidente da Assembleia. Eu acho até normal, no tempo da Dilma fizeram isso. Agora no Bolsonaro fizeram para a votação da Previdência, onde vários ministros saíram para votar. Este ano em Brasília, anote aí, na época do orçamento, todos os deputados federais do Piauí vão voltar para Brasília, isso é natural. Eles [deputados] são donos dos seus mandatos, [eles decidem se] ficam como secretários ou não”, destacou o presidente da Alepi ao GP1.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Themístocles FilhoThemístocles Filho

O empréstimo será em torno de R$ 1,5 bilhão e os recursos devem ser aplicados apenas na área de infraestrutura. “Como vai acontecer aqui um empréstimo de quase R$ 2 bilhões, imagino eu, que os deputados querem botar algum recurso para a sua cidade. Isso que estou imaginando”, ponderou ele.

O presidente da Alepi falou também que não recebeu dos deputados nenhuma documentação comunicando, oficialmente, sobre o retorno. “Para mim ainda não chegou, mas não precisa de justificativa”, frisou Themístocles.

Deputados titulares

Retornaram à Assembleia os deputados Wilson Brandão (PP), Pablo Santos (MDB), Fábio Novo (PT), Flávio Júnior (PDT), Zé Santana (MDB) e Janainna Marques (PTB). Com isso deixam a Casa os suplentes Elizângela Moura (PCdoB), Warton Lacerda (PT), Cícero Magalhães (PT), Ziza Carvalho (PT), Belê Medeiros (Progressistas) e B. Sá (Progressistas).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wellington Dias nega que retorno de deputados à Alepi seja estratégia

Deputados titulares retornam à Alepi sem comunicar os suplentes