Teresina - PI

Vilma Alves intima Ítalo John após denúncia de importunação sexual

Segundo Vilma Alves, ainda não foi possível colher o depoimento da vítima, que estava bastante abalada, quando relatou os fatos através de um Boletim de Ocorrência.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

A delegada Vilma Alves intimou o apresentador da TV Meio Norte, Ítalo John, a comparecer na Delegacia da Mulher, às 10h, no próximo dia 03 de abril de 2019. Ele será ouvido no caso envolvendo a denúncia de crime de importunação sexual, relatada por uma motorista de aplicativo, fato ocorrido na noite da última segunda-feira (25) durante uma corrida na zona leste de Teresina.

Segundo o B.O. relatado pela vítima, Ítalo sentou no banco da frente e o amigo que o acompanhava ficou no banco traseiro. Momentos depois que a viagem se iniciou, a mulher contou que Ítalo começou a tocar em seus seios, dizendo que eram grandes, em seguida perguntou se ela já havia dado o c., além e chamá-la de "cachorra".

  • Foto: Instagram/Ítalo JohnÍtalo JohnÍtalo John

Segundo Vilma Alves, ainda não foi possível colher o depoimento da vítima, que estava bastante abalada, quando relatou os fatos através de um Boletim de Ocorrência. “Como ela fez o B.O ontem, ela ainda estava muito nervosa, chorando muito. Ele se sentiu humilhada, constrangida como profissional, como mulher e que não contribuiu para o fato acontecer, mas aconteceu”, explicou.

Importunação sexual

Ainda de acordo com a delegada Vilma Alves, o caso está sendo tratado como crime de importunação sexual, configurado na lei nº 13.718/18, que é o crime que pune o assédio sexual. “De acordo com a nova lei, não se pode passar a mão no corpo da mulher sem seu consentimento. O corpo da mulher é um manto sagrado, não se pode passar a mão, até um psiu é considerado importunação sexual. Então essa lei veio como uma consagração contra a violação dos direitos da mulher”, reforçou a delegada.

Mais conteúdo sobre: