Política

Wellington Dias esclarece escolha do Banco Plural para empréstimo

Wellington Dias explicou que a escolha do banco passa pelo Ministério da Fazenda e o Tesouro Nacional e que no caso do empréstimo, o banco vai fazer a captação de recursos através de um fundo.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina

O governador Wellington Dias (PT) respondeu nessa quinta-feira (12) as críticas da oposição, sobre a escolha do Banco Plural para o empréstimo de R$ 1,5 bilhão do governo, sendo que a instituição possui uma capacidade financeira de apenas R$ 761 milhões.

Wellington Dias explicou que a escolha do banco passa pelo Ministério da Fazenda e o Tesouro Nacional e que no caso do empréstimo, o banco vai fazer a captação de recursos através de um fundo internacional.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Governador Wellington Dias Governador Wellington Dias

“Estamos falando de um entendimento que envolve não só o Estado, mas o Ministério da Fazenda e o Tesouro Nacional. O banco trabalha com dinheiro de fundos, de clientes, ou seja, os bancos fazem uma captação ao fundo, nesse caso é inclusive internacional, que faz uma aplicação através do banco. Assim como faz também o Banco do Brasil e outros. Na verdade quem cuida da parte dos bancos é o Banco Central”, explicou.

Wellington Dias esclareceu que o Banco Plural foi escolhido por apresentar a menor taxa de juros e proporcionar um maior prazo de pagamento. “Eu quero o financiamento com o prazo mais longo e as taxas mais baixas. Isso é o que nos interessa, então vamos ter investimentos mais baratos do que pegando com a Caixa Econômica, por exemplo”, afirmou o governador.

O chefe do poder executivo estadual afirmou que se reuniu com representantes de cinco bancos, para ouvir as propostas e que a melhor apresentada foi a do Banco Plural. “Fizemos uma audiência com quatro a cinco bancos. O lado bom é que o estado está em uma condição de credibilidade, de condições de contrair financiamento, seja qual for o banco, o que importa é menos juros e prazos mais longos”, destacou.

NOTÍCIA RELACIONADA

Gustavo Neiva pede explicações ao governo sobre empréstimos

Osmar diz que Wellington conta com deputados para aprovar empréstimos

Governo encaminha para Alepi pedido para empréstimo de R$ 2 bilhões

Mais conteúdo sobre: