Teresina - PI

Wellington Dias pede autorização à Alepi para passar 13 dias em Israel

O governador só vai retornar ao Estado na véspera da eleição da Assembleia Legislativa do Piauí, que ocorrerá no dia primeiro de fevereiro.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O governador Wellington Dias (PT-PI) encaminhou ofício à Assembleia Legislativa do Piauí, nesta quinta-feira (10), pedindo autorização para realizar uma viagem de caráter particular à Israel, no período de 16 a 29 de janeiro. Com a ausência de Wellington, a vice-governadora Regina Sousa assumirá interinamente, pela primeira vez, o comando do Estado.

O pedido será autorizado através da comissão de plantão no recesso parlamentar que é composta por dez deputados e presidida por Themístocles Filho (MDB).

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Wellington DiasWellington Dias

Eleição da Alepi

O governador só vai retornar ao Estado na véspera da eleição da Assembleia Legislativa do Piauí, que ocorrerá no dia primeiro de fevereiro, logo após a abertura dos trabalhos legislativos de 2019.

Desta forma, Wellington Dias reforça aquilo que tem dito a todos os aliados, que não vai interferir no processo de escolha da Mesa Diretora da Alepi. Hoje, a disputa conta com dois candidatos que integram a base do Palácio de Karnak: o deputado Hélio Isaías (Progressistas) e o presidente atual da Casa, Themístocles Filho.