GP1

Teresina - Piauí

Prefeitura de Teresina faz pagamento de R$ 4 milhões para empresas de ônibus

O pagamento para o Consórcio Poty e Consórcio Teresina deve ser feito na quarta-feira (13).

A Prefeitura de Teresina realizou na segunda-feira (11) o pagamento de R$ 4 milhões para as empresas Transcol e Urbanos, responsáveis pelo sistema de transporte público da capital. Em entrevista ao GP1, o coordenador de Comunicação Lucas Pereira, disse que os pagamentos para o Consórcio Poty e Consórcio Teresina devem ser feitos na quarta-feira (13).

“A Prefeitura repassou ontem 4 milhões para o Fundo de Trânsito da Strans. A Prefeitura pagou ontem Transcol e Urbanos. Por uma questão de sistema, questão do banco mesmo, porque hoje é feriado, ficou faltando pagar amanhã o Consórcio Poty e Consórcio Teresina. Já conversamos com os empresários e foi combinado para pagar amanhã”, afirmou o coordenador.

Foto: Lucas Dias/GP1Lucas Pereira
Lucas Pereira

Entenda o acordo e pagamento das parcelas

No dia 7 de outubro deste ano, a Prefeitura de Teresina e os empresários que atuam no transporte coletivo assinaram um acordo para que o impasse do transporte público fosse solucionado na capital. Entre os acertos, está o pagamento de R$ 21 milhões em dívidas de subsídios, referente a administração passada.

Conforme a Prefeitura de Teresina, inicialmente será feito um pagamento de uma entrada de R$ 10,5 milhões, logo após essa entrada, o órgão pagará mais três parcelas neste ano. A 1ª parcela, que foi paga já ao Setut, foi no valor de R$ 4,5 milhões, a 2ª e 3ª parcelas, que serão pagas nos meses de novembro e dezembro, irão totalizar mais R$ 3 milhões. Assim, o ano de 2021 se encerrará com a Prefeitura de Teresina tendo pago o total de R$ 18 milhões.

Já a partir de janeiro de 2022, a administração municipal seguirá com o pagamento do restante do valor, em parcelas de R$ 1,2 milhão, até que a dívida seja quitada entre as partes.

A Prefeitura de Teresina vai assumir a bilhetagem eletrônica, a partir do mês de dezembro. Ainda conforme o acordo, a passagem será vendida pelo Setut e caberá ao município somente a operacionalização da bilhetagem.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.