GP1

Teresina - Piauí

Rafael Fonteles diz que oposição está partindo para baixaria

“A gente percebe um certo descontrole emocional, inclusive partindo para a baixaria", disse o secretário.

O secretário de Estado da Fazenda, Rafael Fonteles (PT), voltou a retrucar as críticas da oposição direcionadas a ele. Durante entrevista ao GP1, nesta quinta-feira (14), o gestor afirmou que a melhor resposta para o que chamou de ‘baixaria’ é continuar com as ações administrativas em favor dos piauienses.

Fonteles reforçou ainda que segue com o nome a disposição do grupo político capitaneado pelo governador Wellington Dias (PT-PI) como alternativa para o Palácio de Karnak nas eleições de 2022.

Foto: Lucas Dias/GP1Rafael Fonteles
Rafael Fonteles

“A gente percebe um certo descontrole emocional da parte de alguns, inclusive partindo para a baixaria e a nossa resposta para isso, seguindo a linha do nosso governador Wellington Dias, é trabalho, trabalho e cada vez mais trabalho, focando em resolver os problemas da nossa sociedade. Isso tem nos motivado”, disse o secretário.

“E a questão eleitoral, obviamente, fica para o ano que vem, que é o ano eleitoral. A gente tem sempre que destacar que o nosso nome está à disposição desse time, desse grupo do presidente Lula, do governador Wellington. Vamos aguardar as definições que deverão ocorrer no próximo ano” acrescentou Rafael.

Pé de chumbo

Os adversários do Governo Wellington Dias, liderado pelo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (Progresssitas) têm criticado com veemência os líderes da base governista. Ciro chegou a chamar Fonteles de “pé de chumbo” ao se referir ao desempenho do secretário nas pesquisas que avaliam o cenário atual para o Governo do Estado.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.