GP1

Parnaguá - Piauí

Pedida a suspensão dos direitos políticos do prefeito de Parnaguá

A ação foi ajuizada nesse domingo (17) e aguarda recebimento pelo juízo da Comarca de Parnaguá.

O Ministério Público do Estado do Piauí, através da promotora Gilvânia Alves Viana, denunciou por improbidade administrativa o prefeito de Parnaguá, Jondson Castro Fé, mais conhecido como “Alemão”, acusado de atrasar dolosamente o pagamento de precatórios relativos ao ano de 2021.

Segundo a petição inicial, o gestor deixou de depositar tempestivamente os recursos necessários para saldar o débito dos precatórios dos meses de Fevereiro e Março ocasionando o sequestro de valores devidos, e permanece com a conduta de atrasar a liberação dos valores dos meses subsequentes, incorrendo na prática de ato de improbidade administrativa

Foto: Reprodução/FacebookPrefeito Alemão, de Parnaguá
Prefeito Alemão, de Parnaguá

O Município teve as contas bloqueadas em 12 de abril de 2021 relativo aos aportes mensais de fevereiro e março, no montante de R$ 46.851,12 (quarenta e seis mil, oitocentos e cinquenta e um reais e doze centavos), efetivado por meio do sistema SISBAJUD e no dia 12 de setembro, em razão da inadimplência referente aos meses julho, agosto e setembro, o prefeito foi intimado para realizar a disponibilização de recursos não liberados tempestivamente, sob pena de novo sequestro de valores.

Para o MP, o prefeito mesmo sabendo de sua obrigação mensal, continua a atrasar a disponibilização dos recursos, demonstrando descaso em obedecer ordens judiciais, e em cumprir a ordem constitucional

A promotora Gilvânia Alves Viana, da promotoria de Justiça de Parnaguá pede a condenação do prefeito nas sanções previstas na Lei de Improbidade Administrativa, dentre elas, a suspensão dos direitos políticos, multa civil, e a proibição de contratar com o Poder Público.

A ação foi ajuizada nesse domingo (17) e aguarda recebimento pelo juízo da Comarca de Parnaguá.

Outro lado

O prefeito Alemão não foi localizado pelo GP1.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.