GP1

Teresina - Piauí

Aluísio Sampaio reitera que não há competição entre Sílvio e Iracema

Ciro Nogueira havia dito que o resultado de pesquisas não será o único ponto para definir o candidato.

O vereador Aluísio Sampaio (Progressistas) voltou a falar nesta terça-feira (16) que não existe competição entre Sílvio Mendes (PSDB) e Iracema Portella (Progressistas) para decidir quem irá ser o candidato ao Governo do Estado pela oposição.

A afirmação de Sampaio se deu ao comentar uma fala do ministro Ciro Nogueira, que disse ao GP1 que o resultado de pesquisas de intenção de voto não será o único ponto para definir o candidato a governador. Para o vereador progressista, independente de qual candidato, o importante é vencer as eleições.

Foto: Lucas Dias/GP1Vereador Aluísio Sampaio
Vereador Aluísio Sampaio

“Na realidade não existe competição, porque temos dois pré-candidatos. Um podendo compor com o outro sendo vice e a gente não vê dentro do grupo algum tipo de competição. O que queremos é disputar eleição e ganhar, seja quem for a cabeça de chapa, certamente terá o apoio muito grande do outro candidato”, declarou Sampaio.

Ao ser questionado acerca de uma preferência pela deputada Iracema Portella, tendo em vista o número de prefeitos que são filiados ao Progressistas, Aluísio Sampaio destacou que as preferências são comuns dentro de cada um dos partidos.

“Evidentemente que cada pessoa, cada partido pode ter sua preferência, mas a preferência é uma preferência saudável. Temos uma deputada que tem uma penetração muito grande no interior do estado e temos um ex-prefeito de Teresina que saiu com uma aprovação muito grande”, continuou o vereador.

“Evidentemente quem fez parte da equipe do Dr. Sílvio tem a preferência por ele e quem trabalha com a deputada Iracema há muito tempo tem preferência por ela. Isso é uma soma e a ordem dos fatores não altera essa soma”, finalizou Sampaio.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.