GP1

Teresina - Piauí

Barreiras do Piauí e Parnaguá ficam sem água nesta segunda (22)

A Agespisa informou que o abastecimento deve ser retomado logo após a resolução dos problemas.

A Agência de Águas e Esgotos do Piauí (Agespisa) informou na manhã desta segunda-feira (22) que suspendeu temporariamente o fornecimento de água na cidade de Barreiras do Piauí e em três bairros de Parnaguá, que ficam no estremo sul do Piauí.

A empresa afirmou que a suspensão no abastecimento em Barreiras do Piauí por causa da falta de fase de energia elétrica no setor onde ficam as bombas de captação de água. Já em Parnaguá, o falta de água se deve a correção de um vazamento na rede.

Os bairros de Parnaguá mais atingidos pela falta de água são: Centro, Belém e Ladeira. O abastecimento deve ser retomado após a conclusão do serviço e a água vai retornar de forma gradual.

Em Barreiras do Piauí, a Agespisa ressaltou que comunicou o problema da energia para a Equatorial Piauí e está aguardando a normalização do serviço para retomar o abastecimento.

O que diz a Equatorial Piauí

Por meio de nota, a Equatorial Piauí informou que o fornecimento de energia foi restabelecido às 10h05.

Confira a nota na íntegra:

A Equatorial Piauí informa que a ocorrência relacionada à interrupção no fornecimento de energia na região onde se encontram as bombas de captação de água da Agespisa, localizadas no município de Barreiras do Piauí, foi registrada às 05h08 desta segunda-feira (22). Após o registro da demanda, uma equipe da Equatorial foi acionada para inspecionar a área e identificou uma chave fusível atuada (canela) da instalação cliente, foi realizada inspeção na rede de distribuição de energia responsável por atender a região e não foi encontrado defeito, levando a conclusão que se trata de defeito interno nas instalações do cliente. A normalização se deu as 10h05.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.