GP1

Teresina - Piauí

Empresária é internada no HTI após tomar medicação para perder peso

Ela relatou momentos difíceis que vivenciou nos últimos dias, e afirmou que recebeu várias críticas.

A empresária teresinense Simone Sousa compartilhou através das redes sociais momentos de terror que vivenciou nos últimos dias, após ter sido receitada com uma série de medicamentos para perda de peso. A empresária, após ingerir os medicamentos, teve uma aceleração grotesca nos batimentos cardíacos que ocasionaram sua internação no Hospital de Terapia Intensiva (HTI).

Nas redes sociais, Simone Sousa desabafou sobre o caso e aproveitou para agradecer à Deus e aos seguidores e amigos que enviaram energias positivas.

“Há mais ou menos um mês eu fui procurar uma nutricionista esportiva, e aí ela fez o exame e meu percentual de gordura deu muito muito alto, daí ela passou meio mundo de remédios para eu emagrecer, queimar gordura, ter forças para treinar e tudo. Comecei a passar mal, desde a semana passada, tive ânsia de vômito, passar mal, fraca, sei lá! Ontem meu coração acelerou tanto que eu cheguei no HTI com meus batimentos a 160 por minuto”, relatou a empresária.

Foto: Reprodução/InstagramEmpresária Simone Sousa
Empresária Simone Sousa

Segundo ela, os médicos avisaram que ela teria que ser transferida para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No entanto, recebeu uma medicação que reverteu a situação em que estava.

Simone Sousa declarou ainda que após o ocorrido recebeu uma série de mensagens de internautas, algumas delas não positivas. Conforme a declaração da empresária, pessoas utilizaram o caso para a atacarem desejando, inclusive, sua morte.

“Eu não acho justo isso, as pessoas estarem julgando, desejando a morte para outra pessoa, Meu Deus! O que é isso?”, lamentou o ocorrido. A empresária recebeu alta após apresentar melhoras em seu quadro de saúde e está sob uso de medicamentos para tratamento.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.