GP1

Teresina - PI

Wilson Brandão diz que vai buscar consenso para ocupar vaga no TCE

"Vamos empreender essa luta que passa por entendimentos e o melhor é que haja consenso", disse Brandão.

O secretário de Estado da Mineração, Petróleo e Energias Renováveis (SEMINPER), deputado estadual Wilson Brandão (Progressistas), confirmou ao GP1 nesta quarta-feira (16), interesse de concorrer a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI). O espaço ficará vago com o pedido de aposentadoria compulsória por idade, do conselheiro Luciano Nunes, que completará 75 anos em 10 de julho.

Durante entrevista à nossa reportagem, o parlamentar lembrou que já está no oitavo mandato e possui mais de 30 anos de vida pública. Ele revelou que tem sido incentivado por alguns colegas de parlamento e reforçou a importância do diálogo para chegar a um consenso quanto ao assunto.

Foto: Alef Leão/GP1Wilson Brandão
Wilson Brandão

“Nós vamos colocar nosso nome à disposição dos colegas deputados e deputadas quando abrir a vaga do conselheiro Luciano Nunes. Já temos oito mandatos, são 32 anos de parlamento. Conhecemos muito bem toda tramitação processual do Tribunal de Contas com nosso conhecimento jurídico, com o incentivo que temos tido de muitos colegas de Assembleia”, disse o secretário.

“Eu acho que diante dessas circunstâncias, nós vamos empreender essa luta. Naturalmente é uma luta que passa por muitas conversas, por muitos entendimentos e o melhor de tudo, é que haja consenso e que a gente busque a unidade na Assembleia Legislativa”, completou Wilson Brandão.

Mais postulantes

Além de Brandão, também demonstraram interesse em postular a vaga na Corte de Contas, os deputados Zé Santana (MDB), Flora Izabel (PT) e Flávio Nogueira Júnior (PDT).

Vacância

O conselheiro Luciano Nunes protocolou pedido de aposentadoria do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) para o dia 07 de julho, três dias antes de completar 75 anos, idade necessária para aposentadoria compulsória.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.