GP1

Teresina - Piauí

Chico Leitoa admite deixar a presidência do PDT no Piauí

“Minha missão está praticamente cumprida aqui, que era organizar o partido", disse Leitoa.

O presidente do Diretório do PDT no Piauí, Chico Leitoa, deverá deixar em breve o comando do Partido no Piauí. Durante entrevista à imprensa nessa sexta-feira (19), ele afirmou que está finalizando sua missão à frente da sigla.

Ele afirmou que a legenda estava desestruturada e precisou desenvolver um trabalho de organização para fortalecer as estruturas e interesses do partido para o pleito passado, de 2020, e agora para as eleições de 2022. Leitoa deverá concorrer ao cargo de deputado estadual pelo Maranhão.

Foto: Lucas Dias/GP1Chico Leitoa
Chico Leitoa

“Minha missão está praticamente cumprida aqui, que era organizar o partido que estava esfacelado, sem sede, débito trabalhista e de toda ordem. Nós conseguimos organizar o partido, filiar inúmeras pessoas e agora o PDT do Piauí, vai partir para formatar chapas. Vamos perseguir a possibilidade de ter uma candidatura majoritária”, disse Leitoa.

Nomes no partido

O ex-presidente da Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS), Charles da Silveira, confirmou que vai deixar o PSDB para se filiar ao PDT. Ele é um dos nomes cotados para vir a assumir a missão de disputar o Governo do Piauí, caso essa seja a orientação pedetista ano que vem.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.