GP1

Luís Correia - Piauí

Animal causou colisão frontal entre veículos em Luís Correia, diz PM

Acidente aconteceu na tarde dessa segunda (13) e deixou uma pessoa morta e outras 4 gravemente feridas.

Reprodução/Facebook 1 / 5 Lina Pereira e Geovane Filho Lina Pereira e Geovane Filho
Reprodução/Facebook 2 / 5 Ilza Pereira Ilza Pereira
Reprodução/Facebook 3 / 5 Médico Renato Pereira Médico Renato Pereira
Reprodução/Facebook 4 / 5 Lina Pereira e Geovane Filho Lina Pereira e Geovane Filho
Reprodução/Facebook 5 / 5 Empresário Ronald Santos Empresário Ronald Santos

A Polícia Militar de Luís Correia informou na manhã desta terça-feira (14), que um animal causou a colisão frontal entre os veículos HB20 e SW4, que deixou um jovem morto e quatro pessoas feridas na tarde de ontem na entrada da Praia do Arrombado, em Luís Correia, litoral do Piauí.

Conforme o tenente Olavo Sales, da Companhia Independente de Policiamento Turístico (Ciptur), os primeiros levantamentos realizados no local do acidente apontam que o acidente foi provocado por um jumento.

Foto: Reprodução/WhatsAppColisão deixa uma pessoa morta e três feridas em Luís Correia
Colisão deixa uma pessoa morta e três feridas em Luís Correia

“O veículo HB20, conduzido pelo médico, vinha no sentido Praia do Macapá e ao tentar desviar de um jumento, colidiu frontalmente com o veículo SW4, que vinha no sentido Luís Correia, sacando uma pessoa e deixando os demais passageiros presos às ferragens”, informou o tenente Olavo Sales.

A colisão deixou o jovem José Geovane Gomes Filho, 27 anos, morto. Além dele, estavam no veículo Hyundai HB20, sua esposa identificada como Lina Carla de Oliveira Pereira; a idosa Iza de Oliveira Pereira, mãe de Lina e sogra de Geovane e o médico Renato de Oliveira Pereira, que é irmão de Lina. Todos eles ficaram gravemente feridos.

Na SW4 estava apenas uma pessoa, o empresário Ronald Santos, proprietário da Construtora Marruás cuja sede fica em Parnaíba. Ele também foi levado ao hospital em estado grave.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e fez a retirada das vítimas que ficaram presas às ferragens. Todos foram socorridos em estado grave por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhados ao Hospital Dirceu Arcoverde (HEDA).

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.