GP1

Teresina - Piauí

Bandido morre no HUT após ser baleado em tentativa de assalto no Dirceu

Dois comparsas dele foram capturados e encaminhados para a Central de Flagrantes de Teresina.

Um bandido identificado como Mateus Silva Pereira morreu após ser baleado durante uma tentativa de assalto na noite dessa quarta-feira (19), no bairro Parque Itararé, região do grande Dirceu, zona sudeste de Teresina.

Uma câmera de segurança de uma residência registrou o momento em que o criminoso e outros dois comparsas transitavam por uma rua quando se depararam com um homem em uma motocicleta. Os bandidos abordaram a vítima, que reagiu atirando e acabou baleando um dos assaltantes.

Um bandido identificado como Mateus Silva Pereira morreu após ser baleado durante uma tentativa de assalto a um policial na noite dessa quarta-feira (19), no bairro Parque Itararé, região do grande Dirceu, zona sudeste de Teresina. Uma câmera de segurança de uma residência registrou o momento em que o criminoso e outros dois comparsas transitavam por uma rua quando se depararam com o policial civil em uma motocicleta. Os bandidos abordaram o policial, que reagiu atirando e alvejando um dos assaltantes. #portalgp1 #gp1 #teresina #piaui

Posted by GP1 - O 1º Grande Portal de Notícias do Piauí on Thursday, January 20, 2022

Segundos depois uma viatura do Batalhão de Rondas Ostensivas de Natureza Especial (BPRONE) passou pelo local do crime e conseguiu prender dois dos bandidos, que correram após a reação do policial civil. Eles foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Teresina.

Já Mateus Silva Pereira foi baleado no abdômen. Ele chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e foi encaminhado ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas não resistiu ao ferimento e morreu na madrugada desta quinta-feira (20).

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.