GP1

Teresina - Piauí

Grávida morre eletrocutada em Teresina ao colocar celular para carregar

A informação foi confirmada ao GP1 pelo Instituto de Medicina Legal (IML) de Teresina.

Uma grávida identificada como Maria Antonia de Araujo Silva, de 24 anos, morreu na noite desta segunda-feira (24), após receber uma descarga elétrica no momento em que colocava o telefone para carregar na tomada, na Rua Elesbão Veloso, bairro Bela Vista, zona sul de Teresina. A informação foi confirmada ao GP1 pelo Instituto de Medicina Legal (IML) de Teresina.

O GP1 apurou que o bebê também morreu no momento da descarga elétrica. Ainda não se sabe se a vítima estava molhada ou se pegou em alguma fiação exposta.

Foto: GP1Maria Antonia morreu eletrocutada
Maria Antonia morreu eletrocutada

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas quando os médicos chegaram ao local a mulher já havia morrido.

A Polícia Civil do Piauí foi acionada para realizar a perícia. O corpo da vítima foi recolhido e encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML).

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.