GP1

Teresina - Piauí

Motoristas do Samu de Teresina cobram regulamentação da categoria

Os trabalhadores fizeram uma manifestação na manhã desta sexta-feira (28) na Avenida Miguel Rosa.

Alef Leão/GP1 1 / 7 Motoristas do SAMU cobram regulamentação da categoria Motoristas do SAMU cobram regulamentação da categoria
Alef Leão/GP1 2 / 7 Motoristas do SAMU pedem regulamentação da categoria Motoristas do SAMU pedem regulamentação da categoria
Alef Leão/GP1 3 / 7 Motorista mostra colega de trabalho que morreu para covid-19 Motorista mostra colega de trabalho que morreu para covid-19
Alef Leão/GP1 4 / 7 Condutor do SAMU Condutor do SAMU
Alef Leão/GP1 5 / 7 Motoristas do SAMU fizeram manifestação em Teresina Motoristas do SAMU fizeram manifestação em Teresina
Alef Leão/GP1 6 / 7 Trabalhadores cobram regulamentação da categoria Trabalhadores cobram regulamentação da categoria
Alef Leão/GP1 7 / 7 Motorista e socorrista Wildomarck Vasconcelos Motorista e socorrista Wildomarck Vasconcelos

Os motoristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (SAMU) de Teresina fizeram uma manifestação na manhã desta sexta-feira (28), em frente a sede do SAMU, na Avenida Miguel Rosa, cobrando a regulamentação da categoria de condutores/socorristas e melhorias salariais por parte da Prefeitura de Teresina.

Atualmente, os trabalhadores são contratados como motoristas comuns. De acordo com o motorista e socorrista Wildomarck Vasconcelos, o projeto de lei que regulamenta a categoria foi aprovado na Câmara Municipal de Teresina e encaminhado para o prefeito em junho de 2021, mas ainda não foi sancionado.

“A gente está buscando através do diálogo. Estamos aguardando o Dr. Pessoa nos receber. O projeto de regulamentação dos condutores é da Câmara Municipal de Teresina, foi visto pelo procurador e aprovado em sessão. Isso seguiu para o gabinete do prefeito e está lá desde o dia 2 de junho de 2021. Trata-se da regulamentação do condutor socorrista do SAMU Teresina. Nós somos profissionais treinados, existem vários cursos, e hoje o vencimento é de R$ 820,00. Logicamente, a gente está precisando e necessitando de melhorias salariais, porque estamos há mais de quatro anos sem nenhum reajuste e a pandemia não acabou”, relatou o motorista.

O motorista também relatou que a categoria perdeu benefícios e está sendo prejudicada ao longo dos anos. “No início dessa gestão cortaram os 40% de insalubridade, reduziram nosso salário, tivemos perda dos plantões que nós dobramos para trabalhar. Agora recebemos por menos da metade. Toda empresa que se preze, você recebe dobrado no plantão. Sabemos que não é só problema do Dr. Pessoa, também é de gestões anteriores, mas queremos só que ele apoie nossa luta e sancione o projeto”, pontuou.

Perdas e desafios no trabalho com a covid-19

Durante a manifestação na Avenida Miguel Rosa, os motoristas e socorristas relembraram a perda de colegas para covid-19 e destacaram as dificuldades de trabalhar na área durante a pandemia.

“Temos um cartaz do nosso colega de farda, irmão James, muito lastimável a perda dele, ele sofreu muito com a covid. Tivemos dois colegas, o Dr. José Ivaldo também, e estamos aqui lutando todos os dias, todo dia aumentam os casos, mas o salário não está sendo justo, a gente só quer essa reparação”, finalizou.

O que diz a Prefeitura de Teresina

Por meio de nota, a Prefeitura de Teresina informou que a demanda da categoria será analisada de forma individual, após a definição do reajuste salarial geral.

Confira a nota na íntegra:

A Prefeitura de Teresina informa que, em relação à regulamentação profissional dos trabalhadores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e demais categorias que pleiteiam esta demanda, será analisada individualmente após a definição do reajuste salarial geral que será ofertado a todos os servidores municipais da capital.

Na terça-feira (1), o prefeito Dr. Pessoa e técnicos financeiros irão se reunir para avaliar qual será o percentual de aumento nas remunerações e seu impacto na folha salarial ao Tesouro Municipal. Definido este índice, o Poder Executivo receberá os representantes de cada uma das categorias que reivindicam a regulamentação profissional.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.