GP1

Teresina - Piauí

DHPP pede prorrogação do inquérito sobre desaparecimento de Lucas Vinícius

Pedido de dilação de prazo foi encaminhado à Justiça, que vai pedir um parecer do Ministério Público.

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) pediu a prorrogação do inquérito que investiga o caso do estudante Lucas Vinícius, que desapareceu em Teresina no mês de abril. A informação foi confirmada pela delegada Fernanda Novaes, ao GP1. Nessa sexta-feira (24) fez dois meses do desaparecimento.

O pedido de dilação do prazo do inquérito foi encaminhado na semana passada à Justiça do Piauí, que, por sua vez, irá pedir um parecer do Ministério Público do Piauí.

Foto: Reprodução/InstagramLucas Vinícius Monteiro Oliveira
Lucas Vinícius Monteiro Oliveira

Corpo carbonizado não é do estudante

Na última segunda-feira (20) o caso ganhou mais um desdobramento, após o Instituto de Medicina Legal (IML) informar que um corpo carbonizado que havia sido encontrado próximo ao Rodoanel de Teresina não era do estudante.

Família pede providências

Um dia depois do anúncio do IML, a mãe e o pai de Lucas Vinícius se pronunciaram, pedindo mais celeridade nas investigações. “A gente quer saber se o Lucas está vivo, se não está, onde ele está. A gente precisa encontrar ele, a gente quer respostas e implora para a doutora Fernanda, do DHPP de Teresina, porque já fazem mais de 50 dias e a gente não tem uma resposta. A gente não consegue mais ter vida própria”, afirmou Ana Lúcia Monteiro na ocasião.

Desaparecimento

Desde o último dia 24 de abril, a Polícia Civil do Piauí investiga o desaparecimento do estudante de 24 anos. Segundo a namorada do rapaz, ele teria pulado da Ponte JK, versão que vem sendo questionada pela família do estudante. A principal linha de investigação descarta que o desaparecimento do jovem tenha sido criminoso, mas o DHPP destacou que a polícia ainda não pode anular a hipótese de homicídio.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.