GP1

Teresina - Piauí

“Venceu Teresina”, diz Antônio José Lira sobre decisão da Justiça

Júnior Macêdo (PSD) teve negado mandado de segurança para tentar retornar à Câmara de Teresina.

O vereador Antônio José Lira (Republicanos), líder interino do governo municipal, comentou sobre a decisão do Juiz João Gabriel Furtado Baptista, da 2ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública da Comarca de Teresina, em ter negado o pedido de liminar em mandado de segurança ajuizado pelo suplente Júnior Macêdo (PSD), que através dela tentou assumir a vaga de Renato Berger (PSD).

Foto: Lucas Dias/GP1Vereador Antônio José Lira
Vereador Antônio José Lira

“Venceu a retomada de toda a via sul, [em que é] fiscalizada diariamente pelo vereador Antônio José lira. Venceu Teresina”, afirmou o parlamentar.

“O secretário André Lopes esteve aqui ontem acompanhado de todos os diretores, inclusive, do presidente do IPMP, todos solícitos, explicando tanto o Projeto de Lei 115, que falava do abono de permanência, que na verdade é uma adequação, como sobre o Projeto de Lei 116, em que fala da incorporação até 98, não atingindo nenhum servidor”, complementou Antônio José Lira.

“Agora o que nos chama atenção é que a oposição não estava na reunião. Os que mais reclamaram e geraram distorções, não estavam na reunião. Por que não estiveram aqui? Fui pra tribuna como irei enquanto for líder do prefeito, para discutir cada projeto da prefeitura, como fiz com a operação de crédito, e [assim] não deixando nenhum colega vereador sem resposta”, finalizou.

Após repercussão do caso, Júnior Macêdo vai recorrer decisão que o impediu de assumir vaga na Câmara.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.