GP1

Piauí

Secretaria de Segurança do Piauí vai empossar 76 policiais

O secretário Fábio Abreu ressaltou que os novos policiais civis foram aprovados em concurso para o interior do estado, mas que inicialmente vão compor as forças da capital para ganhar experiê

Na próxima segunda-feira (05), a Secretaria de Segurança Pública do Piauí vai realizar solenidade de posse de 59 novos agentes e 17 escrivães. O evento vai acontecer na sede da Academia de Polícia (Acadepol), no bairro Saci, na zona sul de Teresina.

Ao GP1, o secretário Fábio Abreu ressaltou que os novos policiais civis foram aprovados em concurso para o interior do estado, mas que inicialmente vão compor as forças da capital para ganhar experiência. “Eles adquirem aqui em Teresina experiência, devido ao maior número de ocorrências, e vão para o interior com maior bagagem de formação”, disse. Em janeiro, todos nomeados serão deslocados e distribuídos nas cidades de Parnaíba, Bertolínia, Ribeiro Gonçalves e Uruçuí .

  • Foto: Lucas Dias/GP1Secretário de Segurança Fábio AbreuSecretário de Segurança Fábio Abreu

O secretário esclareceu que o modelo é o mesmo adotado com os delegados que estiveram participando da Força Tarefa no início do ano. “A gente repetiu, reeditou, mas vamos dividir mais nessa época de final de ano na região do centro, pessoal a paisana para trabalhar na equipe de identificação desse final de ano. Mas também vamos reforçar as especializadas, Depre, Greco, Polinter e Homicídios”, explicou.

Os nomeados devem atuar em conjunto com a Polícia Militar no Centro de Teresina, com um trabalho ostensivo e de identificação nas áreas comerciais, que tem maior movimentação nesta época devido as festas de final de ano.

Fábio Abreu ainda ressaltou o trabalho da Secretária de Segurança durante o ano de 2016 para garantir aumento no efetivo policial. “Nós ganhamos 25 novos delegados, 119 agentes e 38 escrivães que já estão trabalhando. Já na Polícia Militar, 704 novos soldados e 43 oficiais estão com a gente nas ruas. Eu considero um avanço da gestão. Trabalhamos para que haja concursos regularmente, ano a ano. Nosso objetivo é uma aproximação maior da necessidade real de efetivo para o Piauí”, completou.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.