GP1

Piauí

Seduc adere à Olimpíada de Língua Portuguesa 2016

Os gestores municipais têm até o dia 30 de abril para preencher o termo de adesão no Site da Olimpíada.

Professores e estudantes da rede estadual de ensino do Piauí já podem se inscrever na 5ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro. A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) formalizou a adesão à iniciativa, garantindo a participação das unidades escolares do Estado no concurso de produção textual e na formação de docentes ofertadas pelo Programa Escrevendo o Futuro.

Escolas municipais também podem participar, sendo necessária a adesão das secretarias municipais de educação. Os gestores municipais têm até o dia 30 de abril para preencher o termo de adesão no Site da Olimpíada. Sem isso os professores e estudantes da rede municipal não poderão se inscrever.

Em 2014, a 4ª edição do concurso contou com 208 dos 224 municípios do Estado aderindo à Olimpíada, sendo 5.237 textos inscritos em todas as categorias, de 1.565 escolas municipais e estaduais. Da Rede Estadual de Ensino do Piauí, foram 483 escolas inscritas que enviaram 1.955 textos nas categorias de concorrência, orientados por 1.050 professores de Língua Portuguesa da Seduc.

Este ano, a Seduc já tem 82 escolas inscritas, 115 professores e 318 textos nas categorias de concorrência. No total geral do Estado, 83 das 224 secretarias municipais já aderiram à Olimpíada, totalizando 170 escolas, 226 professores e 572 textos.

Segundo Jesuíla Freitas, coordenadora estadual da Olimpíada de Língua Portuguesa, é a participação dos professores de língua portuguesa que determina a quantidade de alunos que vão se envolver com a criação de textos. "Os professores têm desejo de orientação e a olimpíada os ajuda no cotidiano da sala de aula", afirma.

Ela lembra que, nos anos ímpares, os educadores participam de formação e nos anos pares, do concurso. Segundo a coordenadora, desde 2010 o programa vem desenvolvendo ações de formação continuada para os professores, a fim de orientar a produção de textos dos alunos.

O concurso

A Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro é um concurso de produção de textos para alunos e professores de escolas públicas brasileiras, do 5° ano do Ensino Fundamental ao 3° ano do Ensino Médio. A experiência de produção de textos possibilita aos alunos a ampliação de suas competências na linguagem oral, na leitura e na escrita, além de aprofundar o olhar sobre o lugar onde vivem, aproximando a comunidade da escola.

Podem ser inscritos trabalhos em quatro gêneros: poemas (para alunos de 5° e 6° anos do ensino fundamental), memórias literárias (para 7° e 8° anos), crônica (para 9° ano fundamental e 1° do ensino médio) e artigo de opinião (para os estudantes de 2° e 3° anos do ensino médio). A iniciativa também propõe para o professor de língua portuguesa uma formação que o auxilie na reflexão e compreensão da função social da escrita, fortalecendo o seu trabalho em sala de aula.

Neste ano, os primeiros 100 mil professores inscritos recebem um DVD com a Coleção da Olimpíada, material que apresenta a sequência didática para o ensino da escrita em quatro gêneros textuais.

Premiação

Os 500 alunos semifinalistas e seus professores receberão medalha, livros e participação de oficinas culturais e de formação. Os 152 alunos finalistas e seus professores ganham medalha e 1 tablet. Para os 28 professores semifinalistas o prêmio será notebooks e para 20 alunos vencedores e seus professores: medalha, notebook e impressora. As escolas dos 20 melhores textos ganham 10 1 de 2 computadores, impressora, projetor com telão para projeção e livros.  
Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.