GP1

Piauí

Desembargador Ribamar Oliveira realiza abertura do Ano Judiciário 2021

Além dos desembargadores do Tribunal, participaram do ato Wellington Dias, a Procuradora Geral de Justiça, Carmelina Moura, e o presidente da OAB-PI, Celso Barros.

O presidente do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), desembargador José Ribamar Oliveira, fez a abertura do Ano Judiciário 2021, em solenidade virtual, que aconteceu nesta segunda-feira (01). Além dos desembargadores do Tribunal, participaram do ato o governador Wellington Dias, a Procuradora Geral de Justiça, Carmelina Moura, e o presidente da OAB-PI, Celso Barros Neto.

O presidente iniciou seu discurso prestando suas condolências às famílias vítimas da pandemia da covid-19 em todo o Piauí. Em seguida, comentou sobre alguns pontos que serão prioridades em sua gestão, tais como a continuidade do trabalho, a cobrança ao empenho dos servidores, a harmonia entre os poderes, bem como reforçou os ideais democráticos.

Foto: Divulgação/AscomPresidente do Tribunal de Justiça do Piauí
Presidente do Tribunal de Justiça do Piauí

“Iniciamos este biênio com o compromisso de aprimorar o sistema de teletrabalho, que se mostrou bem eficaz neste período de pandemia. Vamos otimizar a gestão de contratos, trabalhar a Agenda 2030 do Conselho Nacional de Justiça, sobretudo, com uma atenção aos Direitos Humanos. No campo da estratégia vamos impulsionar o Tribunal para que nossos resultados sejam os melhores possíveis no prêmio CNJ de qualidade e para isso, vamos realizar encontros regionais de estratégia, para que todos possam atuar de forma integrada”, afirmou o presidente.

Ainda de acordo com o desembargador José Ribamar, inovação, produtividade, conciliação e satisfação também serão temas trabalhados no próximo biênio. “Vamos trabalhar na gestão de dados e organizar o laboratório de inovação, ações importantes para tornarmos o Tribunal 100% digital. Para melhorar a produtividade, vamos aprimorar os julgamentos virtuais no segundo grau. Além disso, vamos fomentar as políticas de solução consensual de conflitos, reforçar a atuação na justiça criminal e nas ações de combate à violência doméstica e familiar contra a mulher”, ressaltou.

Último discurso

O decano do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), desembargador Brandão de Carvalho, fez seu último discurso cumprindo esta função, pois já está próximo de se aposentar. Na abertura do Ano Judiciário em 2022, o Decano será o desembargador Raimundo Nonato da Costa Alencar.

Foto: Divulgação/AscomSolenidade aconteceu de forma virtual
Solenidade aconteceu de forma virtual

“Foram 15 anos nesta função. Aqui me despeço ressaltando a importância do trabalho integrado entre as gestões. Integração que permitiu à última gestão realizar um excelente trabalho e que certamente será continuado agora com o presidente desembargador Oliveira. Só em 2020 foram mais de 200 mil processos baixados no TJ. No plenário virtual foram julgados mais de 18 mil, ou seja, mais de 86% dos 21.441 processos pautados. Foram mais de 6 milhões de atos processuais. Portanto, dizer que a Justiça do Piauí é morosa é não ter a preocupação de ir aos dados e saber a realidade”, assinalou o desembargador Brandão de Carvalho.

Mensagem do governador

O governador Wellington Dias, em seu discurso, reforçou a importância da segurança jurídica que o Tribunal tem dado ao estado e desejou a todos um ano de sucessão com as bênçãos de Deus. “Contamos sempre com o empenho de todas as Comarcas e com o trabalho de todos para que tenhamos sempre a segurança jurídica que nos permite avançar cada dia mais”, frisou.

Foto: Divulgação/AscomWellington Dias
Wellington Dias

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.