GP1

Polícia

Advogado diz que acusado de estuprar cunhada no São Marcos não tem distúrbio

O enfermeiro Ricardo da Silva Paz, acusado de dopar e estuprar a cunhada dentro de um apartamento no Hospital São Marcos, foi preso na tarde desta quinta (03), após se entregar no 12º DP.

O advogado Lúcio Tadeu, responsável pela defesa do enfermeiro Ricardo da Silva Paz, que foi preso sob acusação de ter dopado e estuprado a cunhada dentro do Hospital São Marcos, concedeu entrevista à imprensa nesta quinta-feira (03), e negou que seu cliente tenha problemas mentais.

A declaração do advogado foi dada na sede do Instituto de Medicinal Legal (IML), para onde Ricardo foi encaminhado para ser submetido a exame de corpo de delito após se entregar no 12º Distrito Policial. A prisão preventiva do acusado havia sido decretada nesta quarta-feira (02).

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Advogado Lúcio TadeuAdvogado Lúcio Tadeu

O advogado Lúcio Tadeu foi questionado se o enfermeiro tem algum tipo de problema mental, uma vez que ele chegou a se internar no Hospital Psiquiátrico Areolino de Abreu, depois de o caso vir à tona na família.

Lúcio Tadeu foi enfático e disse que o cliente não tem qualquer tipo de distúrbio, e que procurou o hospital porque havia passado mal, tendo ficado muito agitado. “Não, nunca teve [problemas mentais], ele passou mal, ficou muito agitado e foi procurar um auxílio, agora eu só falo depois que tiver o inquérito na mão”, declarou.

O representante jurídico de Ricardo Paz preferiu não se estender, dizendo que agora vai analisar o inquérito. “Vamos analisar o inquérito, vamos ver os laudos, se tem laudo de exame de corpo de delito, toxicológico, vamos organizar, o papel que tínhamos pra fazer [foi feito], nós apresentamos ele em juízo”, pontuou.

Indagado se vai pedir a liberdade de seu cliente, Lúcio Tadeu colocou que tudo vai depender da análise do processo. “Não sei, vou analisar, vou ver o que tem no processo”, finalizou.

Prisão

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Enfermeiro Ricardo da SilvaEnfermeiro Ricardo da Silva

O enfermeiro Ricardo da Silva Paz, acusado de dopar e estuprar a cunhada dentro de um apartamento no Hospital São Marcos, foi preso na tarde desta quinta-feira (03), após se entregar no 12º Distrito Policial, na zona leste de Teresina. Na ocasião foi cumprido mandado de prisão temporária pela delegada titular do inquérito, Vilma Alves. Durante o procedimento ele permaneceu em silêncio.

Prisão temporária

O juiz de Direito José Olindo Gil Barbosa, da 5ª Vara Criminal (Maria da Penha) da Comarca de Teresina, decretou nessa quarta-feira (02) a prisão temporária do enfermeiro. A prisão tem o prazo de 30 dias e poderá ser prorrogada por igual período em caso de extrema e comprovada necessidade.

Entenda o caso

O enfermeiro estava sendo investigado pela Polícia Civil do Piauí, sob acusação de ter estuprado a própria cunhada, que acompanhava um paciente em um apartamento no Hospital São Marcos.

Um familiar revelou ao GP1 que a vítima havia acompanhado seu sogro no hospital no dia anterior ao crime e tinha ido para casa descansar, deixando outra pessoa no apartamento. Porém, a empresária recebeu uma ligação do enfermeiro, relatando que o paciente não poderia ficar aos cuidados de alguém sem experiência e requisitou que ela retornasse ao hospital e ficasse com o sogro.

Ao retornar, o enfermeiro teria oferecido um remédio para a vítima, que tomou a medicação e acabou adormecendo. Cerca de seis horas depois ela acordou com fortes dores na região genitália e assim começou a suspeitar que tinha sido vítima de violência sexual. Ela registrou um Boletim de Ocorrência, fez exame de corpo de delito e depois de ser submetida a outro exame na Maternidade Dona Evangelina Rosa foi comprovado o estupro.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Enfermeiro é acusado de estuprar a cunhada no Hospital São Marcos

Enfermeiro acusado de estuprar cunhada se internou no Areolino de Abreu

Delegada Vilma Alves pede prisão de enfermeiro acusado de estupro

Decretada prisão de enfermeiro acusado de estuprar cunhada no São Marcos

Enfermeiro acusado de estuprar cunhada no Hospital São Marcos é preso

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.