GP1

Polícia

PM registra dez assassinatos durante os quatro dias de Carnaval no Piauí

“Estamos esperando o nosso pessoal no interior finalizar os relatórios. Mas o que foi de mais grave, como homicídios, por exemplo, sabemos que foram dez, no estado inteiro”, informou o corone

Os quatro dias de Carnaval foram marcados por um grande número de homicídios. O feriado prolongado é um período em que ocorre um aumento significativo dos índices de violência em todo o país. A Polícia Militar do Piauí (PM-PI) divulgará nesta quinta-feira (27) o balanço oficial da Operação Carnaval, mas as informações prévias é que ocorreram dez assassinatos em todo o estado durante esses dias de festa.

De acordo com o coronel Lindomar Castilho, comandante da PM-PI, o balanço oficial vai mostrar os casos que foram ligados ao carnaval e o que foram casos isolados, independente das festas. Mas que tudo será catalogado após a chegada dos relatórios do interior.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Lindomar CastilhoLindomar Castilho

“Estamos esperando o nosso pessoal no interior finalizar os relatórios, ainda estamos no prazo. Mas o que foi de mais grave, como homicídios, por exemplo, sabemos que foram dez, no estado inteiro”, informou o coronel.

Conforme informações passadas pela Polícia Militar, existem vários casos relacionados ao consumo de álcool, pequenas ocorrências que foram resolvidas com ações pontuais da polícia nos locais.

Além de Teresina, foram registrados casos em Alto Longá, Valença do Piauí, Parnaíba, Gilbués, União e Povoado Gaspar, na zona rural leste da Capital. Confira casos de homicídio ocorridos durante o Carnaval:

Valença do Piauí

Um jovem identificado como Stanrley Gabriel Monte Sousa, de 26 anos, morreu após ser espancado e esfaqueado em uma festa pré-carnavalesca na madrugada deste sábado (22), em Valença do Piauí.

De acordo com as informações do comandante da Força Tática de Valença do Piauí, sargento Ranier, o jovem se envolveu em uma confusão no local do evento e sofreu agressões físicas e lesões de faca, o que ocasionou o óbito. “O SAMU foi acionado, porém quando a equipe chegou ele já estava sem vida, visto que os órgãos vitais foram atingidos”, explicou o sargento

Parnaíba

Ainda nas festas de carnaval do sábado (22), um homem identificado como Neto Oliveira, conhecido popularmente como “pelado”, foi assassinado na madrugada, por volta de 1h, com uma facada no pescoço durante uma festa de Carnaval, no complexo turístico Beira-Rio, na cidade de Parnaíba, litoral do Piauí.

O coronel Pacífico, comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar de Parnaíba, contou ao GP1 que os dois eram amigos e durante um desentendimento no meio da festa o acusado desferiu a facada na vítima.

“Os dois estavam juntos, brincando o Carnaval em uma festa aqui, às margens do Rio Parnaíba, no momento em que ocorreu uma briga e o suspeito acabou desferindo uma facada no pescoço do Neto. Ele chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas veio a óbito ao dar entrada no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA)”, explicou o coronel.

Gilbués

Um jovem identificado somente como Júnior foi morto e outras três pessoas ficaram feridas na madrugada deste sábado (22), por volta de 1h, após serem atingidos por golpes de faca durante uma festa de Carnaval no bairro Santo Antônio, no município de Gilbués, Sul do Piauí.

Segundo informações cedidas pelo cabo Gláucio, da Polícia Militar, a principal acusada de cometer o crime é uma adolescente. O fato ocorreu depois de uma briga envolvendo o padrasto da adolescente, Júnior e os outros três feridos.

“Foi uma briga lá envolvendo uma família e o resultado foi um óbito e outras três pessoas ficaram feridas com golpes de faca. O padastro da menina se envolveu na briga com os outros quatro. A principal suspeita é que a adolescente tenha desferido as facadas que culminou na morte de um deles. Não se sabe o motivo, só sabemos que teve essa briga e resultou nessa fatalidade”, explicou o cabo.

Teresina

Um vigilante identificado como Rogério da Silva Matos, de 33 anos, foi encontrado morto na manhã deste domingo (23), por volta das 7h, dentro de uma residência na Rua Urano, no bairro Satélite, zona leste de Teresina.

Segundo informações cedidas pelo tenente-coronel Galvão, da Polícia Militar, Rogério foi encontrado com várias perfurações de faca pelo corpo. “As equipes ainda estão em diligências. A suspeita é de que ele tenha sido morto por conta de alguma rixa que a polícia ainda está investigando. Ele foi encontrado morto com algumas perfurações de faca”, explicou o coronel.

Povoado Gaspar- Zona Rural Leste

Um homem identificado como Diego Lopes Machado, de 28 anos, foi morto a tiros na manhã desta terça-feira (25), por volta de 5h. Outra pessoa, identificada apenas como Gabriel, foi alvejada e encaminhada para o HUT. O caso ocorreu no Povoado Gaspar, região de Santa Teresa, zona rural de Teresina.

Em entrevista ao GP1, Adelino Lopes, pai de Diego, afirmou que seu filho havia saído ontem para uma festa de Carnaval. Na volta, Diego Lopes, que estava acompanhado de Gabriel e Vitor, foram atacados pelos criminosos. Segundo a perícia, Diego Lopes foi atingido por quatro tiros na região do abdômen e acabou morrendo no local.

União - dois casos

Um homem identificado como Antônio Marcos Alves de Sousa, 24 anos, foi assassinado com um golpe de faca na madrugada desta segunda-feira (24) no município de União. De acordo com a Polícia Militar do Piauí, o fato aconteceu próximo a uma rua onde era realizada uma festa de Carnaval.

Segundo informações repassadas pelo capitão Miguel Luz, comandante da PM em União, o homicídio ocorreu por volta das 3h. “Por volta das 3h30 tivemos informações de que ele deu entrada no hospital com perfuração de arma branca, e acabou indo a óbito”, declarou ao GP1. Ainda não há informações sobre o responsável pelo crime.

Ainda em União, o segundo caso foi de um homem identificado como Jairo Ribeiro da Silva, de 26 anos, foi assassinado com uma facada na região do tórax durante a madrugada desta quarta-feira (26), no centro da cidade de União.

De acordo com o capitão Miguel Luz, comandante da Polícia Militar da cidade, o fato ocorreu por volta das 2h30 e foi motivado por vingança. Um casal de um homem e uma mulher não identificados são os acusados de cometerem o crime.

Alto Longá

Um comerciante identificado com Antônio Marques de Oliveira morreu no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) na noite desta terça-feira (25), após ser vítima de um latrocínio, quando foi baleado em um assalto no bairro Piçarra, localizado no município de Alto Longá.

Em entrevista ao GP1, o titular da Polícia Civil de Alto Longá, delegado Paulo Nogueira, informou que o crime ocorreu no último sábado (22), quando dois homens encapuzados abordaram o estabelecimento e no momento em que a vítima se afastou para colocar a mão no bolso e pegar mais dinheiro para os assaltantes, um deles efetuou dois disparos na cabeça de Antônio Marques.

“Pela cidade está tendo uma onda de assaltos, onde indivíduos armados e encapuzados, com capacetes, abordam estabelecimentos e culminou no crime contra a vítima, que sequer chegou a reagir. O comerciante se afastou para colocar a mão no bolso para pegar dinheiro e em seguida o criminoso disparou duas vezes na cabeça dele”, informou.

NOTÍCIA RELACIONADA

Piauí registra seis assassinatos em apenas 48h no fim de semana

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.