GP1

Polícia

Polícia Civil deflagra Operação Cerco Fechado V no Piauí

O objetivo da operação é dar cumprimento a mandados de prisão e busca e apreensão em todo o Piauí.

Divulgação/Ascom 1 / 12 Prisão realizada na Operação Cerco Fechado V Prisão realizada na Operação Cerco Fechado V
Divulgação/Ascom 2 / 12 Operação Cerco Fechado V é coordenada pelo delegado-geral Luccy Keiko Operação Cerco Fechado V é coordenada pelo delegado-geral Luccy Keiko
Divulgação/Ascom 3 / 12 Policiais civis na Operação Cerco Fechado V Policiais civis na Operação Cerco Fechado V
Divulgação/Ascom 4 / 12 Policiais civis Policiais civis
Divulgação/Ascom 5 / 12 Viatura da Polícia Civil Viatura da Polícia Civil
Divulgação/Ascom 6 / 12 Policiais civis durante operação Policiais civis durante operação
Divulgação/Ascom 7 / 12 Policiais dando cumprimento a um mandado de busca e apreensão Policiais dando cumprimento a um mandado de busca e apreensão
Divulgação/Ascom 8 / 12 Materiais apreendidos Materiais apreendidos
Divulgação/Ascom 9 / 12 Policiais na Operação Cerco Fechado V Policiais na Operação Cerco Fechado V
Divulgação/Ascom 10 / 12 Policiais cumprem mandado de busca e apreensão em residência Policiais cumprem mandado de busca e apreensão em residência
Divulgação/Polícia Civil do Piauí 11 / 12 Materiais apreendidos pela Polícia Civil Materiais apreendidos pela Polícia Civil
Divulgação/Ascom 12 / 12 Polícia Civil deflagra Operação Cerco Fechado V no Piauí Polícia Civil deflagra Operação Cerco Fechado V no Piauí

A Polícia Civil do Piauí deflagrou nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (19), Dia do Piauí, a "Operação Cerco Fechado V", com objetivo de dar cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão em todo o estado do Piauí. Mais de 20 pessoas já foram presas até o momento.

De acordo com o delegado geral da Polícia Civil, Luccy Keiko, os mandados estão relacionados a prática de diversos crimes contra a sociedade. Equipes policiais de diversas unidades distritais, metropolitanas, especializadas e do interior estão em campo. Além das mais de 20 prisões, foram apreendidas armas de fogo, cigarros contrabandeados e entorpecentes.

Foto: Divulgação/AscomPolícia Civil deflagra Operação Cerco Fechado V no Piauí
Polícia Civil deflagra Operação Cerco Fechado V no Piauí

“A 5ª fase da operação tem o objetivo bem delineado que é o enfrentamento a criminalidade violenta. A maioria das prisões são referentes a investigações de crimes como roubo, homicídio, estupro, tráfico de drogas, dentre outros. Nessa fase nós tivemos a participação de quase todas as delegacias do Piauí, com prisões e apreensões significativas, mas ainda não recebemos todos os números, principalmente do interior. Nós já apreendemos 3 armas de fogo, sendo 2 pistolas .40, armas que estavam no mundo do crime e eram potenciais instrumentos de roubo e até homicídios. Também apreendemos drogas, balança de precisão e cigarros contrabandeados. Já são aproximadamente 20 prisões, por cumprimento de mandados e flagrante delito, mas acredito que esse número deva ser bem maior ao decorrer do dia", pontuou o delegado geral.

Luccy Keiko destacou ainda a prisão de um indivíduo integrante de uma quadrilha especializada em arrastões a residências na zona leste de Teresina. Ele comentou que essas prisões tendem a diminuir os índices de criminalidade na capital.

“Acredito que as prisões de hoje são importantes para diminuir o índice de criminalidade de muitos crimes, em determinadas zonas. Posso dar o exemplo de uma prisão realizada pelo 11º DP, de um indivíduo integrante de uma quadrilha que estava praticando roubos a residências, aqueles arrastões, onde levam tudo o que pode da casa, e hoje conseguimos prender um dos principais acusados. Foi uma operação bem sucedida", finalizou.

As Operações Cerco Fechado estão acontecendo desde o início do ano com realização de fiscalizações, barreiras, prisões e apreensões na capital e no interior.

Fases da operação Cerco Fechado

A primeira e segunda fase da Operação Cerco Fechado foram realizadas nos dias 14 e 21 de agosto deste ano, com a realização de barreiras, bloqueios e fiscalizações onde mais de 1.000 veículos, entre carros e motocicletas, foram vistoriados por policiais civis em todas as regiões da capital, garantindo maior segurança à toda sociedade.

A terceira fase foi realizada no dia 02 de setembro e resultou na prisão de sete pessoas. Já a quarta fase aconteceu no dia 28 de setembro e terminou com 18 prisões.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.