GP1

Polícia

Polícia Federal deflagra nova fase da Operação Descarte

A operação conjunta ao Ministério Pública foi deflagrada em São Paulo e Minas Gerais.

A Polícia Federal, em conjunto com a Receita Federal e o Ministério Público Federal, deflagrou a Operação Acurácia, 14ª fase da Operação Descarte. O objetivo é apurar um esquema de lavagem de dinheiro e corrupção de agentes políticos em troca de apoio na contratação de empresas pertencentes aos investigados por empresas públicas do Governo Federal.

A 2ª Vara Criminal Federal de São Paulo expediu ordens judiciais para que cerca de 50 policiais federais e servidores da Receita Federal cumprissem oito mandados de busca e apreensão na cidade de São Paulo e em Passos, no estado de Minas Gerais.

Segundo a Polícia Federal, o grupo que está sendo investigado simulou operações comerciais e financeiras inexistentes com o intuito de desviar dinheiro de empresas de medicamentos para empresas de fachada. O objetivo das simulações realizadas era gerar dinheiro em espécie para pagamento a agentes políticos em troca de favorecimento na contratação de empresas estatais.

Os envolvidos poderão responder pelos crimes de associação criminosa, sonegação, corrupção ativa e passiva, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e operação de instituição financeira sem autorização.

A Polícia Federal está investigando a participação dos executivos, funcionários e sócios das empresas envolvidas na operações simuladas.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.