GP1

Política

Coligação ingressa com recurso em ação contra Wesley de Deus

A coligação havia ingressado com ação por captação ilícita de sufrágio e abuso de poder nas eleições de 2016.

A Coligação "Unidos para o bem do povo" ingressou com recurso na 10ª Zona Eleitoral de Picos contra decisão que julgou improcedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) por abuso de poder econômico e político contra o prefeito de Aroeiras do Itaim, Wesley Gonçalves de Deus, e o vice-prefeito Edilson Teixeira.

A coligação havia ingressado com ação por captação ilícita de sufrágio e abuso de poder nas eleições de 2016, afirmando que o prefeito e o vice teriam publicado resultado de pesquisa fraudulento nas redes sociais de forma a influenciar os eleitores.

  • Foto: Facebook/Wesley de DeusWesley de DeusWesley de Deus

O juiz Paulo Roberto de Araújo Barros acabou julgando a ação improcedente, mas agora a coligação ingressou com recurso pedindo a reforma da decisão. Em despacho do dia 23 de outubro, o juiz então determinou que o prefeito e o vice sejam intimados para que apresentem defesa.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.