GP1

Política

Wellington Dias lamenta morte de prefeito: “a vida é um sopro”

O governador do Piauí afirmou que havia recebido o prefeito em seu gabinete na semana passada.

O governador Wellington Dias (PT) usou as redes sociais para lamentar a morte do prefeito de Colônia do Gurguéia, Raimundo José Crispim, que faleceu aos 64 anos na tarde desta quinta-feira (24) em Teresina, durante uma cirurgia cardíaca.

Wellington afirmou que havia recebido o prefeito em seu gabinete na semana passada e que na ocasião o gestor de Colônia do Gurguéia estava animado. “Recebi o prefeito de Colônia do Gurguéia, Raimundo José, na semana passada. Ao lado de seu vice e líderes, ele estava cheio de animação e vontade de trabalhar. A vida é um sopro”, declarou.

O chefe do executivo estadual frisou que conheceu Raimundo José Crispim antes mesmo de ser eleito governador e que mantinha com ele uma relação acima de qualquer disputa política. “Eu o conheci antes de ser governador e nossa relação sempre esteve acima das disputas locais e focada no melhor para o Piauí”, ressaltou.

Por fim, o governador prestou solidariedade a viúva do prefeito, Lisiane Franco, que também já foi prefeita de Colônia do Gurguéia. “Desejo toda força que vem de Deus para a esposa e amiga Lisiane, família e amigos, e o povo de Colônia do Gurguéia”, concluiu.

Falecimento

Segundo a esposa do prefeito, ele sofria de problemas cardíacos, que acabaram se agravando e teve que ser submetido às pressas a uma cirurgia cardíaca em um hospital de Teresina, mas acabou não resistindo e faleceu na tarde desta quinta-feira. Ainda não há informações sobre velório e sepultamento.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.