GP1

Política

Júlio Arcoverde diz que se arrepende de ter votado em Wellington Dias

"O meu [arrependimento] pessoal sim, não sei de todos os membros [da oposição]", declarou o deputado.

O presidente do Diretório do Progressistas no Piauí, deputado Júlio Arcoverde, saiu em defesa do ministro-chefe da Casa Civil Ciro Nogueira, que foi chamado de “decadente” e “angustiado” pelo secretário de Fazenda do Piauí, Rafael Fonteles (PT), após tecer críticas ao Governo do Estado. Arcoverde disse ao GP1 nesta terça-feira (21) que Ciro tem todo o direito de tecer críticas à gestão petista e revelou ter se arrependido de ter apoiado e votado no governador Wellington Dias (PT) nas eleições de 2018.

O deputado do Progressistas afirmou ainda que foi o governador quem antecipou a campanha eleitoral do próximo ano ao projetar o nome do secretário de Estado da Fazenda Rafael Fonteles (PT-PI) como alternativa da base para o Palácio de Karnak.

“O Ciro é senador eleito pela segunda vez, tem todo o direito de fazer críticas. Eu começo a rir quando falam em antecipação de campanha, porque quem começou a antecipação da eleição de 2022 foi o governador, que pegou um candidato totalmente desconhecido, criou um programa, o PRO Piauí, para fazer campanha para o candidato do governo, que é o secretário da Fazenda [Rafael Fonteles]”, disparou Arcoverde.

Foto: Lucas Dias/GP1Júlio Arcoverde
Júlio Arcoverde

Júlio Arcoverde também rebateu as críticas da base de que a oposição é despreparada e invejosa e de que Ciro e todo o grupo foram eleitos na coligação de Wellington Dias. “Assim como o governador também foi eleito na nossa coligação. Eu acho que é uma palavra tão besta de um Governo falar, invejoso, um governo que é decadente, mentiroso. Todo mundo tem o direito de se arrepender e Ciro quer dar uma virada de página. Do jeito que Ciro pode ter sido beneficiado na junção com Wellington, Wellington também foi eleito sendo beneficiado pelo nosso partido, que foi o maior partido da oposição”, afirmou.

Questionado se havia arrependimento da oposição por ter votado no grupo de Wellington Dias, Arcoverde foi categórico ao afirmar que de sua parte há sim. "O meu [arrependimento] pessoal sim, não sei de todos os membros", declarou.

Candidato da oposição

Sobre a composição da chapa da oposição, Arcoverde votou a afirmar que até dezembro todos os candidatos estarão definidos. “Estamos analisando com muita tranquilidade, através de pesquisas, mas até dezembro desse ano vamos ter a nossa chapa completa, vamos ter uma grande surpresa, estamos fazendo pesquisas qualitativas e quantitativas, não temos ansiedade, sabemos o que estamos fazendo, estamos muito bem centrados, ninguém anda no interior autorizando serviço para não cumprir, estamos tendo uma conversa com a população”, finalizou Júlio Arcoverde.

Vídeo de Ciro Nogueira

No último domingo (19) o ministro-chefe da Casa Civil divulgou um vídeo gravado enquanto estava na estrada, em caravana pelo interior do Piauí. Na gravação, Ciro Nogueira critica a qualidade de uma rodovia por onde havia passado e também questiona o andamento das negociações das vacinas pelo Consórcio Nordeste, que é presidido pelo governador Wellington Dias. O senador licenciado também chamou o secretário Rafael Fonteles de “pé de chumbo”, uma referência ao seu desempenho nas pesquisas de intenção de votos.

Outro lado

A matéria com a resposta de Rafael Fonteles será publicada logo em seguida.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.