GP1

Política

Ministra da Agricultura e Eduardo Bolsonaro testam positivo para covid

Filho do presidente fez parte da comitiva em Nova York, onde ministro da Saúde já cumpre quarentena.
Por Estadão Conteúdo

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, informou nesta sexta-feira, 24, que testou positivo para covid-19. É a segunda integrante do primeiro escalão do governo a contrair a doença esta semana. Na noite de terça, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, já havia testado positivo em Nova York. Ele acompanhou o presidente Jair Bolsonaro na 76ª Assembleia-Geral da ONU. Nesta sexta, outro integrante da comitiva aos EUA confirmou diagnóstico, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Ao portal R7, o parlamentar, que ajudou a preparar o discurso do pai na ONU, afirmou que também está com covid-19. O “filho 03” do presidente Bolsonaro contou estar "sem paladar e com coriza" e disse ainda que já iniciou os cuidados. Em imagem publicada na rede social, ele diz que seu teste em Nova York teve resultado negativo, mas no Brasil "dois dias depois positivou". Na mensagem, Eduardo sugeriu estar se tratando com cloroquina. "Sinto-me melhor do que ontem e nem te conto o que tomei...", comentou.

Pelo Twitter, Tereza Cristina disse que “está bem” e “permanecerá em isolamento” pelos próximos dias, por orientação médica. “Informo a todos que testei positivo para #Covid19. Estou bem. Cancelei meus compromissos presenciais e permanecerei em isolamento durante o período de orientação médica, escreveu.

Ela não fez parte da comitiva que foi aos EUA, que teve ainda um assessor do Itamaraty contaminado.Ele testou positivo para a doença antes da chegada do presidente; fazia parte da equipe precursora, que cuidou dos preparativos para a visita.

Por causa dos casos de covid durante a viagem para participar da Assembleia-Geral da ONU, outros membros do governo também estão em isolamento. Queiroga nem chegou a voltar para o Brasil e cumpre quarentena em hotel na cidade americana. Bolsonaro cumpre o isolamento no Palácio da Alvorada.

Na live de quinta-feira, 23, o presidente Bolsonaro disse outras duas pessoas da comitiva que o acompanhou à Assembleia-Geral também testaram positivo para covid-19. "Certamente, eu sou uma delas. A outra não sei quem é", disse Eduardo ao site.

Vacina

Em abril a ministra Tereza Cristina foi vacinada contra a covid-19 em Brasília. Na época, quando tomou a primeira dose do imunizante, escreveu que o governo “tem trabalhado para a imunização em massa dos brasileiros”. Eduardo tomou a primeira dose da vacina contra a covid-19 em 26 agosto e está com a segunda dose prevista para novembro, diz o portal R7.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.