GP1

Saúde

Silas apoia reajuste salarial de agentes de saúde e endemias

O deputado federal Silas Freire (PR) recebeu uma comissão de profissionais do Piauí e ainda acompanhou o grupo em audiência com o ministro da saúde, Ricardo Barros. 

Um grupo de agentes de combate à endemias (ACE) e agentes comunitários de saúde ( ACS) de todo país estiveram em Brasília reivindicando melhorias salariais da categoria. O deputado federal Silas Freire (PR) recebeu uma comissão de profissionais do Piauí e ainda acompanhou o grupo em audiência com o ministro da saúde, Ricardo Barros. 

  • Foto: Divulgação/AscomSilas Freire apoia luta por reajuste salarialSilas Freire apoia luta por reajuste salarial

"São 11 mil agentes comunitários de endemias e de saúde que ganham apenas 1 mil e 14 reais e nós reconhecemos que esta categoria profissional é essencial, ainda mais em tempos de tantos riscos trazidos pela zyka, chinkungunya, dengue e febre amarela. Devemos valorizá-los pois é justo essa reclamação deles, afinal, eles que são o profissional de saúde mais presentes nas comunidades inspecionando as as residências, dando orientações e fazendo levantamentos que são tão importantes pra gente prevenir epidemias e combater essas doenças", disse Silas. 

  • Foto: Divulgação/AscomAudiência com o ministro da saúde, Ricardo BarrosAudiência com o ministro da saúde, Ricardo Barros

Os agentes de endemias e de saúde estão há 3 anos sem reajuste salarial, tanto que no próximo ano se o salário mínimo subir vai ultrapassar o teto deles. 

  • Foto: Divulgação/AscomAgentes de edemiasAgentes de edemias

Após a visita dos agentes do Piauí em seu gabinete, Silas Freire fez questão de acompanhá-los na audiência com o ministro da saúde Ricardo Barros e apoiá-los em sua solicitação. O ministro prometeu fazer um grupo de trabalho junto aos prefeitos do Brasil inteiro pra tentar ficar um piso melhor para estes profissionais.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.