GP1

Saúde

Senado aprova projeto de distribuição da vacina da covid-19 pelo SUS

Aprovado em unanimidade, por 67 votos a zero, o projeto segue agora para ser votado na Câmara dos Deputados.

O Senado Federal aprovou nessa quinta-feira (03), por unanimidade, o projeto que fixa diretrizes gerais para distribuição de vacinas contra a covid-19 de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Aprovado por 67 votos a zero, o projeto prioriza a imunização de pessoas que integram os chamados grupos de risco, mas deve abranger de forma gratuita a ‘integralidade da população-alvo’.

O Sistema Único de Saúde será o primeiro a receber a distribuição da vacina até que as metas de cobertura vacinal no país sejam alcançadas. O texto não especifica um tipo de vacina, ao menos onze estão em fase final de testes em todo o mundo e quatro delas já apresentaram taxas positivas de eficácia e segurança.

Com a aprovação, o projeto segue para ser votado na Câmara dos Deputados, ao mesmo tempo em que o Supremo Tribunal Federal (STF) decide se a vacina contra a covid-19 deverá ou não ser obrigatória.

Vacina no Brasil

O Instituto Butantan, em São Paulo, está desenvolvendo a Coronavac em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. No Paraná, o governo local e a Rússia já assinaram um acordo e desenvolvem a vacina Sputnik. No Distrito Federal, os testes têm sido feitos com a vacina Belga, do laboratório Janssen.

O Ministério da Saúde firmou parceria para o desenvolvimento e produção da vacina elaborada pela farmacêutica AstraZeneca, do Reino Unido

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.