GP1

Bragança Paulista - São Paulo

Corinthians ganha do Red Bull Bragantino e abre vantagem no Brasileirão

Renato Augusto assinala único tento alvinegro no jogo e garante mais três pontos na classificação.
Por Estadão Conteúdo

O domingo do Dia das Mães do Corinthians terminou feliz. Com um gol de Renato Augusto, a equipe do técnico português Vítor Pereira venceu o Red Bull Bragantino por 1 a 0, fora de casa, e se manteve na liderança do Campeonato Brasileiro Série A, agora de forma isolada, com 12 pontos.

“No Corinthians a gente vive de vitória, conseguimos a vitória, que era o mais importante. É seguir trabalhando. Fizemos um jogo para ganhar, ganhamos e é continuar trabalhando. Importante são os três pontos”, disse Renato Augusto após o jogo. “É importante ficar na parte de cima da tabela porque temos outras competições e em algum momento vamos oscilar. Pontuar bem no começo é importante”, finalizou o autor do gol da vitória.

No começo da partida, o Corinthians povoou o meio-campo. Willian ficava mais à esquerda, com Gustavo Mantuan atuando pelo lado direito. No ataque, Róger Guedes atuava como jogador de referência, bem centralizado.

O problema da equipe de Vítor Pereira era que o Red Bull Bragantino apertava muito a marcação, deixando menos espaço para o Corinthians trabalhar na transição entre defesa, meio-campo e ataque.

Na primeira etapa, os jogadores do Red Bull Bragantino ao menos tentavam dar mais velocidade e qualidade na saída de bola, então eles encontravam mais espaço no campo de ataque. O problema sempre era o último passe, que na maioria das vezes acabava interceptado pela defesa do Corinthians.

Do lado corintiano, a lentidão na armação das jogadas acabou atrapalhando os lances ofensivos. Sem velocidade, a bola mal chegava nos jogadores de ataque e o time se limitava a trocar passes no meio.

Os times voltaram iguais para o segundo tempo e o jogo não mudou de panorama. A equipe do Interior seguia com mais posse de bola, tentando colocar velocidade nas jogadas e o Corinthians buscava criar uma chance para definir.

A chance apareceu aos nove minutos. O Red Bull Bragantino saiu jogando errado, Renato Augusto foi lançado e se atirou na bola para, quase de carrinho, mandar para o gol e abrir o placar do jogo – 1 a 0 para o Corinthians.

O gol sofrido fez o Red Bull Bragantino partir para cima para tentar o empate. Para se defender, Vítor Pereira mandou a campo João Victor, que se juntou a Gil e a Raul Gustavo na formação da defesa e o Corinthians passou a se defender com três zagueiros.

A equipe de Bragança Paulista quase empatou aos 27, quando Welliton fez boa jogada e cruzou na medida para Ytalo, que apareceu no meio da zaga corintiana e cabeceou com muito perigo. O Corinthians segue na ponta da tabela no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO 0 x 1 CORINTHIANS

GOL: Renato Augusto, aos 9 minutos do segundo tempo.

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Andrés Hurtado, Realpe, Lomónaco e Luan Cândido; Jadsom Silva, Lucas Evangelista (Eric Ramires) e Miguel (Welliton); Artur (Hurtado), Alerrandro (Ytalo) e Bruno Tubarão (Sorriso). Técnico: Maurício Barbieri.

CORINTHIANS: Cássio; R. Ramos (R. Bambu), Gil, Raul Gustavo e Bruno Mello; Cantillo (Júnior Moraes), Du Queiroz, Renato Augusto (Gustavo Mosquito), Mantuan (Maycon) e Willian; Róger Guedes (João Victor). Técnico: Vítor Pereira.

ÁRBITRO: Raphael Claus (SP).

CARTÕES AMARELOS: Jadsom Silva, Bruno Mello e Gustavo Mosquito.

RENDA: R$ 342.805,00.

PÚBLICO: 9.993 pagantes.

LOCAL: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.