Colunista Herbert Sousa
GP1

Jornais do Piauí circularam com o mesmo tema na manchete principal: a privatização da Agespisa


Fato inusitado ocorreu no dia de ontem (27), os três jornais de Teresina circularam com o mesmo tema na manchete principal: a privatização da Agespisa. Segundo as publicações, empresas escolhidas através de licitação, vão assinar contrato de subdelegação parcial da prestação de serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário e vão atender metade dos 800 mil habitantes de Teresina.

Imagem: ReproduçãoMeio Norte(Imagem:Reprodução)Meio Norte

As empresas vão ficar com 30% do faturamento de R$ 14 milhões por mês que a Agespisa arrecada. Segundo uma fonte do blogueiro já há uma empresa "conversada" para assumir os serviços.

Imagem: ReproduçãoO Dia(Imagem:Reprodução)O Dia


O diretor que anunciou a medida , Raimundo Neto é o mesmo que assinou contrato “emergencial” lesivo aos cofres da estatal com a empresa ALLSAN investigada na Operação “Águas Claras” da Policia Federal. O empresário Lourival Nery, indicado para a CBTU – Companhia Brasileira de Trens Urbanos foi apanhado pelo grampo em conversas com o diretor da ALLSAN, Reynaldo Costa Filho, negociando valores. "Após uma discussão acirrada acerca do valor da propina, ajustam a quota de 14% sobre o faturamento mensal, o que equivale ao montante de R$ 75 mil”.

Parece que o Ministério Público vai ter muito trabalho!

Imagem: ReproduçãoDiário do Povo(Imagem:Reprodução)Diário do Povo

Curta a página do GP1 no facebook: //www.facebook.com/PortalGP1


*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.