Colunista Herbert Sousa
GP1

Crise na administração do prefeito Luciano Leitoa


A situação em Timon não está nada boa para o prefeito Luciano Leitoa. O secretário Antonio Lisboa não agüentou a pressão e pediu demissão do cargo na última quarta-feira (29). Este é o terceiro da equipe do prefeito Leitoa que pede demissão. Nos primeiros dias da administração, o vice-prefeito Danízio Marabuco, que é médico, deixou a Secretaria por conta de desentendimentos com o prefeito, que o proibiu de nomear sua equipe de assessores.
Imagem: DivulgaçãoLuciano Leitoa(Imagem:Divulgação)Luciano Leitoa
Para lugar do economista Antonio Lisboa vai o administrador de empresas Márcio Sá, que exercia o cargo de Secretário de Limpeza. Assim que assinou a ficha de filiação o PSB, o vereador Tuá, teve seu nome especulado para assumir a saúde. Mas tudo não passou de boatos.

Com saída de Lisboa, já são três os secretários que pedem exoneração do governo. É uma proporção grande, pois o governo praticamente ainda nem começou, que muitos dizem por aí. Antonio Nilson, da Secretaria de Esportes tinha sido o último. Com informações do blog do Ribinha do Portalaz

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.