Colunista Herbert Sousa
GP1

Diretoria da APAE de Esperantina nega irregularidades


A diretoria da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Esperantina (APAE – Esperantina) enviou, nesta segunda-feira (14), nota em resposta à matéria veicula no blog, onde mostrava uma folha manuscrita que pertenceria à diretora executiva da instituição, Célia Maria Cavalcante Lima.

Na folha, estariam anotações que seriam as despesas particulares da gestora. O total das despesas atinge o montante de R$ 20.090,00 (vinte mil e noventa reais) e teriam sido relacionadas há mais de ano.

De acordo com a nota, todos os atos da diretora estariam em concordância com as normas estatutárias da entidade.

Veja a nota na íntegra

Em razão da veiculação na mídia, de reportagens envolvendo a diretoria da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Esperantina – PI (APAE-ESPERANTINA), a entidade, por meio de sua assessoria, vem prestar os seguintes esclarecimentos à sociedade em geral, com o objetivo de restabelecer a verdade dos fatos:

1. A APAE-ESPERANTINA é uma associação privada sem fins lucrativos, com finalidade social, cuja atividade é regulada e normatizada por um estatuto próprio.

2. Os atos da diretoria da APAE – ESPERANTINA estão em plena concordância com as normas estatutárias da entidade.

3. Os membros da diretoria da entidade executiva, não são remunerados e exercem essa função de forma voluntária.

4. As contas da Entidade exercício fiscal referente à gestão 2011/2013, foram devidamente apreciadas e aprovadas pela Assembleia Geral da Entidade, na forma de seu estatuto, após prévio parecer do Conselho Fiscal da Entidade, conforme comprova a Ata anexa .

5. Não há no momento, nenhuma decisão judicial, ou sequer denúncia formulada pelo Ministério Público contra qualquer ato da diretoria atual ou pretérita da Instituição.

6. O processo de eleição da diretoria é transparente e obedece ao disposto no Estatuto da Instituição.

7. O Termo de Ajuste de Conduta, pactuado entre a APAE-Esperantina e o Ministério Público do Trabalho, cujo objeto é o compromisso do pagamento em dias do funcionalismo da organização, está sendo honrado. Ressalta-se que Termos de Conduta como o qual a APAE é signatária, foram celebrados com outras APAE’s do Piauí.

8. Os diretores da APAE e membros da gestão da entidade, especialmente os Srs. Emerson Gondim Machado e Célia Lima, apresentam anualmente à Receita Federal, a declaração de seus bens e rendas, na forma da legislação em vigor.

9. Destaca-se que a onda de denuncismo infundado que macula a imagem daqueles de trabalham diuturnamente em função da entidade decorre de ações premeditadas de um complô, que tenta a todo custo chegar no controle da entidade, utilizando-se , portanto, de meios ilegítimos e ilícitos.

Por derradeiro, informamos que as ações cabíveis serão tomadas para resguardar a imagem da entidade perante a sociedade local em face das calúnias e injurias veiculadas e que a Entidade está de portas abertas para quaisquer solicitações e principalmente visitas para quem da sociedade desejar.

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.