GP1

Ministério Público investiga ex-presidentes de Câmaras do Piauí


Ex-presidentes de câmaras municipais de algumas cidades do Sul do Piauí estão sob a mira de uma investigação aberta pelo Ministério Público.

O procedimento apura diárias graciosas, consumo exorbitante de combustível, pagamento a empresas fantasmas, uso de notas frias na prestação de contas e por aí vai.

Pra se ter ideia, em uma delas, o presidente tirou 08 (oito) diárias para passar o natal em Teresina (de 22 a 29/12), no valor total de R$ 1.600,00 e o consumo de combustível do único carro da Câmara foi algo inacreditável.

A investigação atinge os últimos cinco anos.

É bom colocar as barbas de molho, pois a coisa vai render.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.