GP1

TRF1 decide hoje se prefeita Carmelita Castro vai para o banco dos réus

A prefeita foi investigada pela Polícia Federal e o inquérito tramita em segundo grau por conta de prerrogativa de função, o famigerado “foro privilegiado”.

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região decide nesta quarta-feira (24) se recebe denúncia em ação penal e torna ré a prefeita Carmelita de Castro Silva, de São Raimundo Nonato, pelo suposto crime de lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores oriundos da corrupção.

A prefeita foi investigada pela Polícia Federal e o inquérito tramita em segundo grau por conta de prerrogativa de função, o famigerado “foro privilegiado”. Também figura como parte a BM Engenharia.

Foto: Lucas Dias/GP1Carmelita Castro
Carmelita Castro

O julgamento pela 2ª Seção será por videoconferência e a relatora é a desembargadora federal Maria do Carmo Cardoso.  

O processo tramita em segredo de Justiça.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.