GP1

Prefeita Genir Ferreira faz licitação com indícios de irregularidades

A licitação se deu de forma presencial.

A prefeita Genir Ferreira, do Município de Boqueirão do Piauí, inovou negativamente em sua gestão. A prefeitura abriu procedimento para aquisição de medicamentos, no entanto, o aviso de licitação, o qual as empresas têm acesso, aponta genericamente para “registro de preço para fornecimento de bens duráveis e não duráveis para a Prefeitura Municipal de Boqueirão do Piauí”.

A licitação se deu de forma presencial, por que o município alegou que “a administração ainda não dispõe de estruturas tecnológicas para a realização desta forma [eletrônica], e que ainda não dispõem de equipe qualificada para o fim", no entanto o município dispõe de assessoria especializada em licitações e contratos.

Foto: Reprodução/FacebookGenir Ferreira
Genir Ferreira

O Ministério Público de Contas do Piauí tem reiterado que o pregão eletrônico permite um número de participantes maior, tendo em vista que possibilita a participação de todos aqueles que possuem acesso à internet. Permite, ainda, a utilização de sistema informatizado para registro e prática de todos os atos do certame, conferindo maior transparência, publicidade e obtenção de melhores preços por meio da chamada fase competitiva.

Outro ponto que chama a atenção é que o município desobedeceu, escandalosamente, o prazo para informar a licitação ao TCE-PI. A licitação ocorreu no dia 01 de março, e o certame somente foi cadastrado no domingo, dia 28 de fevereiro, um dia antes da abertura.

Qual seria o intuito de tal certame ser cercado de irregularidades? Cabe ao TCE se manifestar!

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.