GP1

Prefeitos vão gastar mais de R$ 5 milhões com pneus no Piauí; veja lista

Mesmo com a pandemia da covid-19, alguns gestores não têm se preocupado muito em economizar.

O Ministério Público e Tribunal de Contas devem ficar de olho!

Parece que a crise gerada em decorrência da pandemia da covid-19 não está afetando alguns prefeitos piauienses que não têm se preocupado em economizar. Alguns desses gestores firmaram contratos exorbitantes para aquisição de pneus para veículos.

A colunista apurou que pelo menos 13 gestores piauienses estão prevendo gastos absurdos com aquisição de pneus para veículos somente neste ano de 2021. 

Boa parte dos contratos possuem validade até dezembro de 2021. Ao todo, os 13 prefeitos vão gastar a fortuna de R$ 5.568.331,17 (cinco milhões, quinhentos e sessenta e oito mil, trezentos e trinta e um reais e dezessete centavos), fazendo uma verdadeira festa com o dinheiro público.

Os órgãos competentes precisam abrir os olhos e tomar providências urgentes!

Confira os nomes dos gestores que gastaram valores exorbitantes com pneus para veículos, bem como os valores de cada contratação:

Cláudia Medeiros (MDB) – Manoel Emídio: R$ 379.882,00 (trezentos e setenta e nove mil, oitocentos e oitenta e dois reais) – validade do contrato: 13 de abril de 2021 a 13 de abril de 2022;

Dijalma Mascarenhas (PSD) – Monte Alegre do Piauí: R$ 815.724,00 (oitocentos e quinze mil, setecentos e vinte e quatro reais) – validade do contrato: 23 de abril de 2021 a 23 de abril de 2022;

Joãozinho Manu (PDT) – São João da Serra: R$ 441.517,90 (quatrocentos e quarenta e um mil, quinhentos e dezessete reais e noventa centavos) – validade do contrato: 10 de agosto de 2021 a 10 de agosto de 2022;

Gederlânio Oliveira (MDB) – Jacobina do Piauí: R$ 322.830,00 (trezentos e vinte e dois mil, oitocentos e trinta reais) – validade do contrato: 24 de março a 31 de dezembro de 2021;

Guilherme Maia (Progressistas) – Wall Ferraz: R$ 324.920,00 (trezentos e vinte e quatro mil e novecentos e vinte reais) – validade do contrato: 08 de março de 2021 a 8 de março de 2022;

Magno Soares (PT) – Castelo do Piauí: R$ 294.995,00 (duzentos e noventa e quatro mil, novecentos e noventa e cinco reais) – validade do contrato: 05 de abril a 31 de dezembro de 2021;

Manoel Aroldo (PT) – Barreiras do Piauí: R$ 388.546,00 (trezentos e oitenta e oito mil, quinhentos e quarenta e seis reais) – validade do contrato: 26 de maio de 2021 a 26 de maio de 2022;

Manoelina Borges (PSD) – Sebastião Leal: R$ 818.853,44 (oitocentos e dezoito mil, oitocentos e cinquenta e três reais e quarenta e quatro centavos) – validade do contrato: 03 de março de 2021 a 03 de março de 2022;

Rafael Oliveira (PSB) – Coronel José Dias: R$ 336.769,00 (trezentos e trinta e seis mil, setecentos e sessenta e nove reais) – validade do contrato: 29 de junho a 31 de dezembro de 2021;

Robertinho (Progressistas) – Miguel Leão: R$ 479.850,00 (quatrocentos e setenta e nove mil, oitocentos e cinquenta reais) – validade do contrato: 05 de maio de 2021 a 05 de maio de 2022;

Thalles Moura Fé (Progressistas) – Paes Landim: R$ 299.369,00 (duzentos e noventa e nove mil, trezentos e sessenta e nove reais) – validade do contrato: 22 de julho a 31 de dezembro de 2021;

Valmir Barbosa (Republicanos) – Dom Expedito Lopes: R$ 280,010,83 (duzentos e oitenta mil, dez reais e oitenta e três centavos) – validade do contrato: 06 de julho a 31 de dezembro de 2021;

Zé Filho (Progressistas) – Madeiro: R$ 385.064,00 (trezentos e oitenta e cinco mil e sessenta e quatro reais) – validade do contrato: 17 de agosto de 2021 a 17 de agosto de 2022.

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.