Juiz deverá mandar inquérito contra Firmino Filho para o TJ-PI

- atualizado

Está na mesa do juiz João Antônio Bittencourt Braga Neto, da 3ª Vara Criminal da Comarca de Teresina, o pedido de dilação de prazo no inquérito policial que investiga as relações nada republicanas entre o prefeito Firmino Filho e o empresário de fachada Venilson de Oliveira Rocha.

Conforme preceitua a Constituição Federal e a Estadual, compete ao Tribunal de Justiça processar e julgar o prefeito por crimes cometidos no mandato.

  • Foto: Lucas Dias/GP1João Antônio Bittencourt Braga Neto e Firmino FilhoJoão Antônio Bittencourt Braga Neto e Firmino Filho

O magistrado, após ouvir o Ministério Público, deverá remeter os autos para o Tribunal de Justiça do Piauí.

O inquérito está concluso para despacho desde 21 de janeiro de 2019.

A sociedade espera é celeridade.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Polícia abre inquérito e Firmino Filho é investigado por corrupção

Firmino Filho pagou R$ 8 milhões para empresário preso pela PF

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811