GP1

Coronavírus no Piauí

Wellington Dias pede apoio do Exército no combate ao coronavírus

Segundo o chefe do Executivo piauiense, o Exército vai estar presente nos aeroportos de Teresina e Parnaíba, além das divisas do estado.

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT) pediu apoio do Exército Brasileiro para colaborar nas ações contra o coronavírusCovid-19 – no estado. A medida foi decidida durante uma reunião na Casa Oficial com representantes do Exército e da Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi).

Segundo o chefe do Executivo piauiense, o Exército vai estar presente nos aeroportos de Teresina e Parnaíba, além das divisas do estado. “Além de todas as equipes que já temos, atuando contra o coronavírus, vamos contar com esse reforço especial, que tínhamos solicitado, do Exército Brasileiro, nos aeroportos de Teresina e Parnaíba. Eles também irão nos apoiar, com a Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal (PRF), integrada com as equipes de saúde municipal, estadual, Vigilância Sanitária e coordenada pela nossa Comissão Organizadora Emergencial do Piauí”, detalhou Wellington.

  • Foto: Alef Leão/GP1Wellington DiasWellington Dias

Enchentes

De acordo com o comandante do 25º BC, tenente-coronel Márcio Costa, além das situações referente ao covid-19, os militares também vão prestar apoio ao Estado em áreas que estão passando por enchentes.

“Temos a questão das enchentes, hoje mesmo vamos enviar um efetivo a Barras para apoiar a população nessa situação, temos a situação do coronavírus, que colocamos nosso pessoal do posto médico à disposição para contribuir no estado e minimizar os efeitos desse vírus, e também vamos analisar uma solicitação do governador, que é a questão do controle das entradas no estado, nas divisas e no aeroporto, principalmente a questão dos ônibus clandestinos, que tende a subir um pouco devido à situação. Vamos fazer a análise de todas essas demandas, conversar com a Segurança Pública do Estado para saber realmente qual o efetivo necessário e vamos levar para nosso superior o mais rápido possível”, disse o tenente-coronel.

O governador destacou que a prioridade segue nos municípios de Barras, Batalha e Piripiri e devido a situação, existe uma necessidade do apoio do Exército para atuar junto à Defesa Civil, estadual e municipais, e o Corpo de Bombeiros na assistência às famílias atingidas pelas chuvas.

“Será um apoio necessário neste momento. A prioridade são os municípios de Barras, Batalha e Piripiri, onde serão encaminhadas equipes que irão colaborar no enfrentamento às situações causadas pelas chuvas e cheias”, afirmou o governador.

Casos confirmados de covid-19

Boletim da Sesapi divulgado no fim da tarde desta quinta-feira (16), aponta que o Piauí segue com nove casos confirmados de coronavírus.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Quatro mortes por suspeita de coronavírus são investigadas no Piauí

Sesapi descarta 3 mortes por suspeita de coronavírus no Piauí

Ministério da Saúde: coronavírus pode custar R$ 410 bilhões extras ao SUS

Sobe para 8 número de casos confirmados de coronavírus no Piauí

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.