GP1

Coronavírus no Piauí

Agespisa volta a exigir uso obrigatório de máscara no Piauí

Além disso, a empresa volta a exigir o comprovante de vacinação com todas as doses registradas.

A Agespisa informou, na manhã desta terça-feira (21), através da assessoria de comunicação, que voltou a exigir o uso obrigatório de máscaras e comprovante de vacinação dentro dos ambientes do órgão, tanto na Capital quanto no interior do estado.

Segundo a Agespisa, a medida foi adotada mais uma vez devido ao crescimento no número de casos de covid-19 no Piauí. A determinação foi imposta tanto aos funcionários quanto às pessoas que necessitarem ir à empresa para quaisquer atendimentos.

Foto: Lucas Dias/GP1Agespisa
Agespisa

A medida levou em conta o novo decreto publicado pelo Governo do Estado, com novas medidas de contenção do vírus no Piauí. A Agespisa reforçou ainda que exige o comprovante de vacinação com todas as doses.

Funcionários

Outra determinação foi a flexibilização do ponto eletrônico até o dia 30 de junho, a fim de evitar aglomerações entre os funcionários e, com isso, conter qualquer disseminação do vírus. A medida entrou em vigor na data da publicação.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.