GP1

Eleições 2020

Ministério da Justiça registra 10 prisões de eleitores neste domingo

Dados parciais reunidos pela pasta contabilizaram um total de 141 ocorrências; boletins são divulgados a cada duas horas.
Por Estadão Conteúdo

O Ministério da Justiça e Segurança Pública divulgou às 9h deste domingo, 29, o segundo boletim do segundo turno das eleições municipais. De acordo com o balanço, dez eleitores foram presos ou conduzidos a delegacias nas primeiras horas de votação.

Os dados parciais reunidos pela pasta contabilizaram um total de 141 ocorrências. Entre elas, dois casos de boca de urna, um de compra de votos, um furto, quatro casos de concentração de eleitores em desobediências às orientações de distanciamento social na pandemia, 83 registros de desobediência às ordens da Justiça Eleitoral, uma ocorrência de desordem, três registros de bloqueio de via, uma manifestação no entorno dos locais de votação, um incêndio e uma ocorrência por falta de energia elétrica. Um inquérito policial foi aberto.

O balanço lista ainda como crime eleitoral 26 ‘indicações de desinformação sobre o processo eleitoral’. Os agentes também apreenderam cinco veículos.

Os boletins subsequentes serão divulgados a cada duas horas, na página do ministério, até às 21h.

De acordo com o Ministério da Justiça, neste segundo turno, a Operação Eleições 2020 conta com um efetivo de 15.638 agentes das polícias civil e militar nos Estados, além de policiais federais e agentes de trânsito.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.