GP1

Eleições 2022

Procurador quer que Instituto Estimativa forneça dados de pesquisa

O Diretório do Progressistas pediu acesso aos dados de pesquisa realizada entre os 26 e 30 de janeiro.

O Ministério Público Eleitoral (MPE), por meio do procurador da República Marco Aurélio Adão, emitiu parecer ao Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), pedindo que o Instituto Estimativa forneça ao Diretório do Progressistas no Piauí todos os dados e informações referentes a pesquisa realizada entre os dias 26 e 30 de janeiro. O parecer foi dado nessa quinta-feira (10).

“O Ministério Público Eleitoral se manifesta para que o Instituto Estimativa seja notificado por mensagem instantânea, [...] para que: forneça ao Diretório do PP no Piauí, ora requerente, todas as cópias, dados e informações relativos ao sistema interno de controle, verificação e fiscalização da coleta de dados da pesquisa PI-00180/2022, incluídos os referentes à identificação de entrevistadores”, diz o procurador.

O representante do órgão ministerial também quer que o Instituto Estimativa possibilite que o Diretório do PP possa, por meio de escolha livre e aleatória de planilhas individuais, mapas ou equivalentes, confrontar e conferir os dados publicados, preservada a identidade dos entrevistados. Também pediu que o instituto apresente cópia do relatório entregue ao solicitante da pesquisa e do modelo do questionário aplicado, encaminhando os dados solicitados para o endereço eletrônico informado pelo requerente, ou copiados em mídia digital fornecida por ele, no prazo de dois dias.

Acesso à sede do instituto

Por fim, o procurador Marco Aurélio Adão se manifestou para que o Instituto Estimativa permita o acesso de representante do Diretório do Progressistas, devidamente nomeado, à sua sede, para o exame aleatório das planilhas, mapas ou equivalentes, em dia e horário comercial a serem definidos. O parecer ressalta que a identidade dos entrevistados deve ser resguardada em qualquer circunstância.

Petição

Na última segunda-feira (07) o Diretório Estadual do Progressistas, através do seu presidente, o deputado Júlio Arcoverde, ingressou com petição cível junto ao TRE-PI pedindo em caráter de urgência o acesso aos dados internos da pesquisa eleitoral divulgada pelo Instituto Estimativa.

O pedido foi distribuído ao juiz auxiliar Marcelo Leonardo Barros Pio, que encaminhou os autos ao Ministério Público Eleitoral, para emissão de parecer no prazo de cinco dias.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.