GP1

Entretenimento

Time Elana se solidariza e pede ajuda às vítimas de Brumadinho

Enquanto a piauiense está confinada, amigos e familiares cuidam de suas redes sociais, onde divulgaram nota lamentando a tragédia.

Os amigos e familiares que estão cuidado das redes sociais da piauiense Elana Valenária enquanto ela está confinada na casa do Big Brother Brasil 19, divulgaram uma nota lamentando a tragédia ocorrida nessa sexta-feira (25) em Brumadinho, Minas Gerais.

“Uma barragem da mineradora Vale rompeu na manhã desta sexta-feira (25) em Brumadinho, cidade da grande Belo Horizonte. Queremos manifestar a mais estrita solidariedade às famílias e lamentamos profundamente os prejuízos ambientais causados por essa tragédia. Esperamos que as causas sejam investigadas e os responsáveis punidos”,diz a nota.

  • Foto: InstagramRedes sociais de Elana pedem ajuda a vítimas de BrumadinhoFamiliares de Elana pedem ajuda as vítimas de Brumadinho

Além da nota, a família da engenheira, divulgou postos de recolhimento de doações às vítimas. Na postagem o “Time Elana” solicita: água mineral, alimentos perecíveis e produtos de higiene pessoal. Elana possui atualmente 302 mil seguidores somente no Instagram.

Brumadinho

Uma barragem da mineradora Vale se rompeu nessa sexta (25), em Brumadinho, Região Metropolitana de BH. A Vale informou que o rompimento ocorreu no início da tarde, na Mina Córrego do Feijão; uma barragem rompeu e fez outra transbordar.

Um mar de lama destruiu casas da região. Rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. Há 9 mortos e de 300 a 350 desaparecidos. Nove pessoas foram resgatadas com vida da lama e mais de 100 que estavam ilhadas também. O Governo Federal montou gabinete de crise e o presidente Jair Bolsonaro sobrevoou o local na manhã deste sábado.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.