GP1

Entretenimento

Cantor Reynaldo Rayol morre aos 76 anos vítima da covid-19

Nas redes sociais, Agnaldo Rayol lamentou a morte do irmão, que se tornou mais uma vítima do coronavírus.

Morreu na noite desta terça-feira (15) aos 76 anos, vítima da covid-19, o cantor Reynaldo Rayol, um dos ídolos da Jovem Guarda na década de 1960. Ele era irmão do também cantor Agnaldo Rayol.

Nas redes sociais, Agnaldo Rayol lamentou a morte do irmão, que se tornou mais uma vítima do novo coronavírus. O cantor ressaltou que as histórias compartilhadas por ambos ficarão para sempre em sua memória.

“Para alguns momentos na vida não há palavras. Reynaldo, nossas histórias estarão pra sempre na minha memória. Descanse em paz, meu irmão, que Deus, em sua infinita bondade, conforte o coração de todos nós. Mais uma vida perdida pra esse vírus”, lamentou.

O instituto FUNJOR, entidade filantrópica de apoio aos artistas e de preservação da memória artística brasileira, publicou nota de pesar pelo falecimento de Reynaldo Rayol. “É com muita tristeza que o Instituto FUNJOR comunica o falecimento do cantor associado Reynaldo Rayol, que sempre teve um carinho especial com as ações da nossa entidade. Ele era um grande amigo do nosso patrono e deixa uma importante obra artística”, diz a nota.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.