GP1

Esportes

Conmebol adia jogo entre Inter x Boca Juniors após morte de Maradona

Duelo seria realizado nesta quarta-feira, pela ida das oitavas de final da Libertadores.
Por Estadão Conteúdo

O Boca Juniors não vai entrar em campo nesta quarta-feira para enfrentar o Internacional pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América. Em função da morte de Diego Maradona, ídolo e ex-jogador do clube, a Conmebol optou pelo adiamento da partida, que seria realizada no Beira-Rio.

O confronto foi adiado em uma semana, para 2 de dezembro, exatamente em que seria realizado o duelo de volta, em Buenos Aires. Agora, então, o confronto de volta também foi postergado em uma semana, para o dia 9, no estádio La Bombonera.

"A Conmebol, por meio de sua diretoria de competições de clubes, decidiu alterar a data dos jogos das oitavas de final das oitavas de final entre Boca Juniors x Internacional pela Libertadores 2020, devido à morte da estrela do futebol Diego Maradona e sua estreita ligação com o clube argentino", afirmou.

Torcedor declarado do Boca Juniors, Maradona também vestiu as cores do clube como jogador. Após dar seus passos iniciais no futebol pelo Argentinos Juniors, defendeu o time em 1981 e 1982, antes de se transferir para o Barcelona. Também foi pelo Boca onde encerrou a sua carreira profissional. Depois disso, era visto constantemente no camarote pessoal em La Bombonera para acompanhar e apoiar o time em seus jogos.

Maradona também possuía relação estreita com personagens do atual elenco do Boca, hoje dirigido por Miguel Angel Russo, que foi seu companheiro na seleção argentina. Um deles é o atacante Carlitos Tevez.

Maradona ficou internado por cerca de dez dias em um hospital no início de novembro, onde se detectou uma hematoma no cérebro, do qual foi operado com êxito. Depois disso, vinha se recuperando na sua residência, em Tigre, na região metropolitana de Buenos Aires, faleceu depois de sofrer uma parada cardíaca, nesta quarta. Ele tinha 60 anos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Ídolo do futebol argentino Diego Maradona morre aos 60 anos

Presidente da Argentina decreta três dias de luto pela morte de Maradona

Pelé lamenta morte de Maradona: 'espero que possamos jogar juntos no céu'

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.